O paradigma indiciário e as ciências humanas: psicanálise e análise do discurso

Leda Verdiani Tfouni, Katia Alexsandra dos Santos, Juliana Bartijotto, Juliana Cristina Silva

Resumo


O objetivo deste artigo é propor uma abordagem teórico-metodológica em Psicologia que parte da articulação entre duas áreas do conhecimento: a Análise do Discurso pêcheutiana (AD) e a Psicanálise lacaniana.  Em contraste com o paradigma galileano, essas áreas são tomadas com base no paradigma indiciário (Ginsburg,1986), pelo fato de partirem de pistas para chegar aos efeitos do discurso e do inconsciente. A análise se dá a partir da mobilização de um dispositivo teórico que se organiza em função do corpus e constitui o dispositivo analítico. São mobilizados conceitos da AD, e a Psicanálise comparece como parte do dispositivo teórico, considerando a dimensão inconsciente na análise. Para ilustrar, apresentamos um fragmento de análise que articula as duas áreas.

Palavras-chave


paradigma; psicanálise; discurso

Texto completo:

HTML PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/epp.2016.33450

Licença Creative Commons
A revista Estudos e Pesquisas em Psicologia esta licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Não Comercial 3.0 Não Adaptada.

 

Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Instituto de Psicologia
© Estudos e Pesquisas em Psicologia
Rua São Francisco Xavier, 524, bloco F, sala 10.005, 10° andar, CEP 20550-013, Rio de Janeiro-RJ, Brasil
Telefone: (21) 2334-0651

E-mail: revispsi@gmail.com