Psicoterapia de casal em um serviço-escola de Psicologia: uma ilustração clínica

Natalia Monti Di Osti, Maíra Bonafé Sei, Sandra Aparecida Serra Zanetti

Resumo


Diversas são as estratégias de intervenção no campo da Psicologia Clínica e a psicoterapia de casal se apresenta como uma destas possibilidades. Entende-se que a psicoterapia psicanalítica de casal almeja auxiliar o casal a tornar conscientes conteúdos antes inconscientes, para que possam ser analisados e elaborados. Neste contexto, é importante a análise de mecanismos transferenciais, contratransferenciais, de resistência, além do fenômeno da transmissão psíquica geracional e os pactos inconscientes. Diante deste panorama, objetiva-se desenvolver um estudo teórico-clínico sobre a psicoterapia psicanalítica de casal, por meio da análise de um caso atendido em um serviço-escola de Psicologia. Dentre os resultados, por meio da compreensão da contratransferência, pôde-se perceber que a resistência do casal em debruçar-se em questões de caráter conjugal ligava-se ao fato de intuitivamente apreender que o pacto inconsciente que os mantinha juntos poderia se desfazer caso fosse desvendado e elaborado em terapia. Diante deste contexto, o artigo discute o trabalho que foi possível ser feito no processo terapêutico.

Palavras-chave


psicanálise; psicoterapia; casal

Texto completo:

HTML PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/epp.2016.32956

Licença Creative Commons
A revista Estudos e Pesquisas em Psicologia esta licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Não Comercial 3.0 Não Adaptada.

 

Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Instituto de Psicologia
© Estudos e Pesquisas em Psicologia
Rua São Francisco Xavier, 524, bloco F, sala 10.005, 10° andar, CEP 20550-013, Rio de Janeiro-RJ, Brasil
Telefone: (21) 2334-0651

E-mail: revispsi@gmail.com