Satisfação de crianças com a vida: as contribuições da família e da escola

Fabiane Friedrich Schütz, Marcela Bortolini, Jorge Castellá Sarriera

Resumo


O objetivo do estudo foi investigar a contribuição da satisfação com a família e com a escola para a predição da satisfação com a vida. Participaram 2105 crianças, com idades entre 10 e 12 anos matriculadas em escolas públicas e particulares do Rio Grande do Sul. Os instrumentos utilizados foram: âmbito satisfação com a escola do General Domain Satisfaction Index, cinco itens relativos à satisfação com aspectos dos relacionamentos familiares e a escala de item único Overal Life Satisfaction. Foram realizadas análises de variância por idade e sexo e análise de regressão múltipla. Os resultados indicam que existem diferenças estatisticamente significativas por idade e sexo.  A análise de regressão múltipla verificou que os itens que mais predisseram a satisfação com a vida foram relativos a serem ouvidas pelos seus pais (β=0,158; p<0,01), estarem satisfeitas com a experiência na escola (β=0,156; p<0,01) e com os colegas (β=0,124; p<0,01). Ressalta-se que a satisfação com a família e com a escola explicam 21,8% da variância da satisfação com a vida. Destaca-se a importância do estímulo ao diálogo entre família e escola para promover o bem-estar da criança.

Palavras-chave


satisfação com a vida; escola; família; criança

Texto completo:

PDF HTML


DOI: https://doi.org/10.12957/epp.2016.29248

Licença Creative Commons
A revista Estudos e Pesquisas em Psicologia esta licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Não Comercial 3.0 Não Adaptada.

 

Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Instituto de Psicologia
© Estudos e Pesquisas em Psicologia
Rua São Francisco Xavier, 524, bloco F, sala 10.005, 10° andar, CEP 20550-013, Rio de Janeiro-RJ, Brasil
Telefone: (21) 2334-0651

E-mail: revispsi@gmail.com