Excelência criativa em mulheres brasileiras

Maria Célia Bruno Mundim, Solange Muglia Wechsler

Resumo


Considerando o aumento de mulheres em posição de destaque nos diversos setores da sociedade, esta pesquisa buscou investigar os estilos de pensar e criar, e verificar as diferenças nos fatores ambientais e psicológicos que influenciam a excelência criativa de mulheres brasileiras em diferentes áreas. A amostra foi composta por 20 mulheres (11 reconhecidas por excelência criativa por meio de premiações e 9 não reconhecidas por excelência criativa e sem premiações). Os instrumentos foram um Roteiro de Entrevista, a Escala de Estilos de Pensar e Criar e um Roteiro de Análise de Produção Criativa. O teste Mann-Whitney foi utilizado para comparar as diferenças existentes entre as mulheres com excelência criativa e as não criativas.Quanto às entrevistas, foi feita uma análise de conteúdo e utilizado o Qui-quadrado para as categorias de respostas. Houve diferenças significativas entre os dois grupos de mulheres nos conteúdos das entrevistas. Conclui-se sobre a importância de conhecer os fatores que auxiliam o alcance da excelência.

Palavras-chave


talento; gênero; criatividade; excelência; mulher

Texto completo:

HTML PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/epp.2015.19409

Licença Creative Commons
A revista Estudos e Pesquisas em Psicologia esta licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Não Comercial 3.0 Não Adaptada.

 

Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Instituto de Psicologia
© Estudos e Pesquisas em Psicologia
Rua São Francisco Xavier, 524, bloco F, sala 10.005, 10° andar, CEP 20550-013, Rio de Janeiro-RJ, Brasil
Telefone: (21) 2334-0651

E-mail: revispsi@gmail.com