Intervenção sobre intervenção: sobre a transferência em um trabalho social

Fabio Azeredo, Fernanda Canavêz

Resumo


Este trabalho visa a refletir sobre a relação de trabalho estabelecida entre a família assistida pelo Projeto de Reinserção Familiar (PRF), junto à Fundação para a Infância e Adolescência (FIA), e a equipe técnica de um dispositivo de atenção diária para pessoas com deficiência. Será feita uma exposição da nossa intervenção sobre a intervenção da referida equipe. O PRF destina-se a crianças e adolescentes portadores de necessidades especiais institucionalizados, realizando um acompanhamento psicossocial sistemático aos familiares dos mesmos, mediante visitas domiciliares e contatos de rede, que residem em comunidades carentes do estado do Rio de Janeiro. Um caso será relatado à luz da nossa linha de pesquisa, intitulada A pobreza como direito à exceção. O texto Intervenção sobre a transferência, do psicanalista Jacques Lacan, será utilizado para explicitar as peculiaridades de uma intervenção de orientação psicanalítica em oposição a uma intervenção de cunho assistencialista. Ademais, utilizar-se-á a discussão que o sociólogo francês Serge Paugam propõe no texto A desqualificação social, no intuito de ressaltar as principais diferenças entre a intervenção realizada por uma equipe de trabalhadores sociais e a nossa intervenção, calcada na interpretação psicanalítica, não só junto à família assistida como junto a esta equipe.

Palavras-chave


Intervenção; Pobreza; Caráter; Reinserção familiar; Psicanálise

Texto completo:

PDF HTML


Licença Creative Commons
A revista Estudos e Pesquisas em Psicologia esta licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Não Comercial 3.0 Não Adaptada.

 

Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Instituto de Psicologia
© Estudos e Pesquisas em Psicologia
Rua São Francisco Xavier, 524, bloco F, sala 10.005, 10° andar, CEP 20550-013, Rio de Janeiro-RJ, Brasil
Telefone: (21) 2334-0651

E-mail: revispsi@gmail.com