O debate – possível - entre materialismo reducionista e fenomenologia

Urbano Mestre Sidoncha

Resumo


Uma das questões candentes no que ao problema mente/corpo diz respeito – diríamos, tendo em perspectiva uma abordagem promissora para o problema mente/corpo – é a tentativa, que deve ser encorajada, de associar o materialismo reducionista à fenomenologia husserliana. Este não é certamente o caminho para um tipo de ligação que determine a exclusão do carácter específico das estratégias envolvidas, como supôs Francisco Varela, mas antes um debate que encontra a sua força na diferença entre as duas estratégias. O problema central deste artigo será, pois, o de patentear que o debate entre materialismo reducionista e fenomenologia é não apenas possível mas estritamente necessário. Observada essa primeira tarefa, procuraremos discutir, na última parte deste brevíssimo ensaio, a relação entre a fenomenologia husserliana e a Neurofenomenologia de Francisco Varela.

Palavras-chave


Redução; Materialismo reducionista; Fenomenologia; Husserl; Eliminacionismo

Texto completo:

PDF HTML


Licença Creative Commons
A revista Estudos e Pesquisas em Psicologia esta licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Não Comercial 3.0 Não Adaptada.

 

Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Instituto de Psicologia
© Estudos e Pesquisas em Psicologia
Rua São Francisco Xavier, 524, bloco F, sala 10.005, 10° andar, CEP 20550-013, Rio de Janeiro-RJ, Brasil
Telefone: (21) 2334-0651

E-mail: revispsi@gmail.com