Análise teórica do homicídio juvenil masculino: categorização da violência e sua articulação multe-escalar no Brasil urbano / Theoretical analysis of the male youth homicide: categorization of violence and its multiscale joint in urban Brazil

Alex Manetta

Resumo


Trabalho enviado em 14 de abril de 2016. Aceito em 03 de julho de 2016

DOI: 10.12957/rdc.2016.22469

Resumo

Esse artigo se compõe de um estudo sobre as relações observáveis entre as manifestações locais do homicídio juvenil masculino e a expansão de fenômenos globais. Propõe-se qualificar as manifestações predominantes do homicídio dentro de uma categoria específica de violência direta, expressa através de uma interação de tipo triangular e multe-escalar com outras duas categorias: a violência estrutural e a violência cultural. Como resultado vislumbra-se uma contribuição à análise conceitual da violência homicida entre homens jovens no Brasil urbano, salientando que esse fenômeno não deve ser diretamente relacionado aos contextos locais de relativa pobreza, já que deriva de relações muito mais amplas e complexas que possibilitam a manutenção e a expansão de economias transnacionais do crime. Desse modo, adverte-se que a interpretação a respeito dos processos de elevação das taxas locais de homicídio deve ser buscada exatamente na associação entre dinâmicas espacialmente localizadas e elementos estruturais do sistema capitalista.

Palavras-chave: homicídio juvenil masculino; violência; manifestações locais; fenômenos globais.

Abstract

This article consists of a study based on the relationship between the local manifestations of the male youth homicide and the expansion of global phenomena. The methodology used is to qualify the prevailing murder manifestations as a particular category of direct violence, which is expressed through a triangular type of interaction with the other two categories: structural violence and cultural violence. From this categorical distinction it is progressing toward recognition of a multiscale articulation, according to which each one of the three categories of violence - described by Galtung (1999) - can be best apprehended through specific spatial scales. As a result we have a contribution to the theoretical and conceptual analysis of homicidal violence in urban Brazil, highlighting that it is a phenomenon that should not be directly related to local contexts of relative poverty, since it derives from much broader and complex relationships. In conclusion it is emphasized that the interpretation about the process of rising of the incidence of male youth homicide is to be found precisely in the association between spatially localized dynamics and structural elements of the contemporary capitalist system.

Keywords: male juvenile homicide; violence; local manifestations; global phenomena.


Palavras-chave


homicídio juvenil masculino; violência; manifestações locais; fenômenos globais.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/rdc.2016.22469

Direitos autorais

Licença Creative Commons

Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons de Atribuição Não Comercial Sem Derivações 3.0 Não Adaptada disponível em: (https://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/deed.pt

 

Indexada em | Indexed by:

Directory of Open Access JournalsResultado de imagem para "ebsco"Resultado de imagem para scilit

LA Referenciahttp://www.journaltocs.ac.uk/API/blog/images/journaltocslogo.jpgResultado de imagem para suncatResultado de imagem para "American Association for the Advancement of Science"

Resultado de imagem para lexis nexis3d rendered picture of high peaks and cloud, with typographic logo for JURNSHERPA/RoMEO Logohttp://www.journaltocs.ac.uk/API/blog/images/journaltocslogo.jpgLA ReferenciaResultado de imagem para google scholar

 

Ver outras indexações da Revista

Periódico associado | Associated journal:

Associação Brasileira de Editores Científicos – ABEC

 

Revista de Direito da Cidade
Endereço: Rua São Francisco Xavier, 524, Sala 7027 B – Maracanã – Rio de Janeiro – RJ Cep 20550-900
Telefone: (21) 23340823
email: revistadedireitodacidadeuerj@gmail.com