A construção do direito à cidade entre o interesse público e o interesse dos agentes do mercado imobiliário: um estudo de caso a partir do plano local de gestão de barão Geraldo, em Campinas / The construction of the right to the city between public...

Josué Mastrodi, Gabriela Martins Isaac

Resumo


Trabalho enviado em 25 de fevereiro de 2016. Aceito em 08 de abril de 2016.

DOI: 10.12957/rdc.2016.21772

Resumo

Neste artigo temos por objetivo discutir a problemática relação entre os interesses privados e o interesse público na produção do espaço urbano, identificando certa fragilidade da Administração Pública em relação à construção do direito à cidade, em que os agentes públicos, ao promoverem o planejamento urbano, acabam visando mais aos interesses do mercado imobiliário que ao interesse público. Embora, segundo a normativa constitucional, este devesse ser priorizado pelo Administrador, a lógica de mercado se apresenta mais determinante que qualquer dever de promoção de direitos fundamentais ou de planejar a cidade como um local de convívio. Este problema é discutido a partir de um estudo de caso ocorrido na cidade de Campinas, SP, em que se descreve a tentativa bem-sucedida de transformação, por lei municipal, de área rural em área urbana sem qualquer verificação prévia, pela Administração Pública, de sua viabilidade, e a luta das instituições públicas para evitarem a utilização do novo espaço urbano segundo o interesse privado.

Palavras-chave: Direito à Cidade, Direito Urbanístico, Planejamento Urbano, Interesse Público, Captura do Administrador pelo Mercado.

Abstract

In this paper we aim to discuss on the problematic relation between private and public interests in the production of urban space, identifying certain fragility of Public Administration in the building of the right to the city, in which the public agents, when promoting public planning, eventually comply with real estate interests in a proportion greater than the public interests at stake. However, although according to constitutional rules public interest should be prioritized by Administrator, market rules are presented as more determinant than any duty to either promote fundamental rights or plan the city as a local of common living. This problem is discussed from a case study occurred in the city of Campinas, SP, Brazil, in which there is a succeeded attempt to transform, by city law, a private rural area in urban area without any previous study by Public Administration, as well as the struggle of public institutions to avoid the use of the new urban area exclusively as stated by private interests.

Keywords: Right to the city, Urban Law, Urban Planning, Public Interest, Administration captured by market


Palavras-chave


Direito à Cidade, Direito Urbanístico, Planejamento Urbano, Interesse Público, Captura do Administrador pelo Mercado.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/rdc.2016.21772

Direitos autorais

Licença Creative Commons

Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons de Atribuição Não Comercial Sem Derivações 3.0 Não Adaptada disponível em: (https://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/deed.pt

 

Indexada em | Indexed by:

Directory of Open Access JournalsResultado de imagem para "ebsco"Resultado de imagem para scilit

LA Referenciahttp://www.journaltocs.ac.uk/API/blog/images/journaltocslogo.jpgResultado de imagem para suncatResultado de imagem para "American Association for the Advancement of Science"

Resultado de imagem para lexis nexis3d rendered picture of high peaks and cloud, with typographic logo for JURNSHERPA/RoMEO Logohttp://www.journaltocs.ac.uk/API/blog/images/journaltocslogo.jpgLA ReferenciaResultado de imagem para google scholar

 

Ver outras indexações da Revista

Periódico associado | Associated journal:

Associação Brasileira de Editores Científicos – ABEC

 

Revista de Direito da Cidade
Endereço: Rua São Francisco Xavier, 524, Sala 7027 B – Maracanã – Rio de Janeiro – RJ Cep 20550-900
Telefone: (21) 23340823
email: revistadedireitodacidadeuerj@gmail.com