Viabilidade Financeira de Sistemas Fotovoltaicos Residenciais: Uma Análise em Condições de Incerteza

Fernando Gheiner, Marcelo Alvaro da Silva Macedo, Jose Ricardo Siqueira

Resumo


Este estudo investigou o retorno financeiro do investimento em sistemas residenciais fotovoltaicos nas 27 capitais brasileiras em 2016. Foi realizada a coleta de dados para três dimensões de capacidade de geração, com investimentos orçados entre R$ 15.000 e R$ 70.000. Foi utilizado o método de Monte Carlo, simulando 810.000 cenários. Em seguida, foi realizado um estudo com dois sistemas específicos em cinco cidades das cinco regiões do país. Os indicadores de retorno analisados foram o valor presente líquido (VPL) e a taxa interna de retorno (TIR), com resultados de TIR médio entre 15,6% e 31,4% ao ano, em investimentos com horizonte de 25 a 35 anos. A radiação solar se mostrou menos relevante para os indicadores de resultado que o preço praticado pelas distribuidoras de energia. O estudo com sistemas específicos resultou em indicadores de retorno negativos em pelo menos 5% das simulações em todas as cidades.

Palavras-chave


Contabilidade gerencial; analise de investimento; indicadores de viabilidade

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12979/rcmccuerj.v25i3.60092



ISSN da versão on-line (atual): 1984-3291
Periodicidade: Quadrimestral
Classificação CAPES: A3

DOAJ