Contribuições históricas do Movimento Hip Hop para a luta contra o racismo e para a comunicação da juventude negra e periférica

Pablo Nabarrete Bastos

Resumo


Este artigo analisa as imbricações históricas dos Movimentos Negros e do Movimento Hip Hop a partir de narrativas e histórias de vida de intelectuais orgânicos da primeira e segunda geração do Hip Hop. São combinadas análises históricas e pesquisa de campo de caráter qualitativo, com inspiração etnográfica. Nosso foco principal são as relações históricas entre os Movimentos Negros, o Movimento Hip Hop e as contribuições do Hip Hop para a luta contra o racismo, a construção de identidade étnico-racial e a comunicação da juventude negra e periférica.


Palavras-chave


Movimentos Negros; Movimento Hip Hop; identidade étnico-racial; comunicação

Texto completo:

PDF

Referências


ABRAMO, Helena W. Cenas juvenis: punks e darks no espetáculo urbano. São Paulo: Scritta, 1994.

ALVES, Luiz Roberto. O rap, contra o rapa das ruas. In: OLIVEIRA, Ronaldo de; BORGES, Neuza Pereira; VIEIRA, Carlos Badhur (coordenadores) e MENDONÇA, Júlio (organização dos textos). ABC RAP. São Bernardo do Campo: Secretaria de Educação, Cultura e Esportes – SECE, 1992.

ANDRADE, Elaine Nunes de. Movimento negro juvenil: um estudo de caso sobre jovens rappers de São Bernardo do Campo. Dissertação de Mestrado - Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, São Paulo, 1996.

BASTOS, Pablo Nabarrete. Ecos de espelhos - movimento Hip Hop do ABC Paulista: sociabilidade, intervenções, identificações e mediações sociais, culturais, raciais, comunicacionais e políticas. 2008. Dissertação (Mestrado em Interfaces Sociais da Comunicação) - Escola de Comunicações e Artes, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2008.

CUCHE, Denys. A noção de cultura nas ciências sociais. Bauru: EDUSC, 2002.

FELIX, João Batista de Jesus. Hip Hop: Cultura e Política no contexto paulistano. Doutorado - Antropologia Social – Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, 2005.

HALL, Stuart. A identidade cultural na pós-modernidade. Rio de Janeiro: DP&A, 1999.

IANNI, Octavio. Raças e classes sociais no Brasil. São Paulo: Brasiliense, 2004.

ROCHA, Janaina; DOMENICH, Mirella; CASSEANO, Patrícia. Hip Hop – A periferia grita. São Paulo-SP: Fundação Perseu Abramo, 2001.




DOI: https://doi.org/10.12957/rcd.2020.50369

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


e-ISSN: 2674-9246