A identidade “infante” como condição humana do sujeito constitucional: uma aproximação entre Michael Rosenfeld e Hannah Hrendt à luz da PEC 171/1993 / The "infant" identity as a human condition of the constitutional subject: an approach between Michael...

Heleno Florindo da Silva, Alexandre de Castro Coura

Resumo


DOI: 10.12957/rqi.2017.20014

A presente pesquisa busca uma aproximação entre as perspectivas teórico-filosóficas de Michael Rosenfeld – acerca da identidade do sujeito constitucional – e Hannah Arendt – frente a condição humana – na busca de compreender os alicerces que compõem a proteção, integral e prioritária, da juventude na Constituição Federal de 1988 (art. 227). E mais, objetiva analisar um problema de pesquisa, através de uma perspectiva metodológica múltipla-dialética, acerca do fato da Proposta de Emenda à Constituição 171/1993 (PEC 171/93), conhecida como PEC da Redução da Maioridade Penal, poder ser vista como um possível condutor de uma prejudicial transformação da identidade do sujeito constitucional, capaz de transfigurar todo o sistema de proteção da condição humana da juventude brasileira. Ao final, apresenta uma conclusão no sentido de, após apresentar argumentos, a partir dos citados autores, que contrapõem-se à referida PEC 171/93, identificá-la como um possível instrumento de violação aos direitos fundamentais dos jovens – crianças, adolescentes e jovens – brasileiros, sobretudo, de violação ao princípio de proteção integral e prioritária dessa juventude.

Palavras-chave: Identidade do Sujeito Constitucional; Condição Humana; Juventude; PEC 171/1993.

Abstract

This research seeks a rapprochement between the theoretical and philosophical perspectives of Michael Rosenfeld - about the identity of the constitutional subject - and Hannah Arendt - facing the human condition - seeking to understand the foundations that make up the protection, full and priority, the youth in the Federal Constitution of 1988 (art. 227). Plus, aims to analyze a research problem through a multiple-dialectical methodological perspective, about the fact that the Proposed Amendment to the Constitution 171/1993 (PEC 171/93), known as PEC Reduction of Criminal Majority, can be seen as a possible driver for a preliminary transformation of the identity of the constitutional subject, capable of transfiguring the whole protection system of the human condition of the final Brazilian youth, presents a conclusion in order to, after presenting arguments from the cited authors, who are opposed to that PEC 171/93, identifying it as a possible instrument of violation of fundamental rights of young people - children, adolescents and young people - Brazilians, especially the violation of the principle of full and priority protection of this youth.

Keywords: Identity of the Constitutional Subject; Human Condition; Youth; PEC 171/1993.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/rqi.2017.20014

Indexada em | Indexed by:

Library of Congresshttp://www.journaltocs.ac.uk/API/blog/images/journaltocslogo.jpgResultado de imagem para road open access

SHERPA/RoMEO LogoResultado de imagem para "ebsco"Resultado de imagem para "American Association for the Advancement of Science"

 

Resultado de imagem para scilitResultado de imagem para erih plus3d rendered picture of high peaks and cloud, with typographic logo for JURN

Resultado de imagem para lexis nexisResultado de imagem para suncatLA Referencia

Resultado de imagem para "Current Research Information System In Norway"

 

Resultado de imagem para google scholarhttp://www.lib.uct.ac.za/sites/default/files/image_tool/images/14/web-science_1_cus.png

Ver outras indexações da Revista

Periódico associado | Associated journal:

Associação Brasileira de Editores Científicos – ABEC