Michel Foucault e a arquealogia/genealogia do poder: da sociedade disciplinar à biopolítica / Michel Foucault and arquealogia/power genealogy: the disciplinary society to biopolitics

Maiquel Ângelo Dezordi Wermuth, André Leonardo Copetti Santos

Resumo


Trabalho enviado em 2 3 de julho de 2015. Aceito em 04 de novembro de 2015

DOI: 10.12957/rqi.2016.17727

Resumo

Busca-se no presente artigo empreender – a partir das principais obras do autor – uma análise de dois temas centrais no pensamento de Michel Foucault, quais sejam: as perspectivas arqueológica e genealógica de sua abordagem e a correspondente construção dos conceitos de sociedade disciplinar e de biopolítica. O problema que orienta o texto pode ser assim sintetizado: em que medida a arqueologia/genealogia do poder que marca a investigação filosófica foucaultiana assume relevância para a compreensão do fenômeno jurídico na contemporaneidade, particularmente no que se refere ao movimento de transição/sobreposição que o autor observa entre o modelo disciplinar de organização da sociedade para o modelo biopolítico? A delimitação do presente trabalho a esses dois aspectos da reflexão foucaultiana deve-se à compreensão de que reside neles uma alta potencialidade para a construção de múltiplos olhares críticos sobre o fenômeno jurídico, especialmente em relação a distintos aspectos do poder que lhe subjazem.

Palavras-Chave: Arqueologia; genealogia; sociedade disciplinar; biopolítica; fenômeno jurídico.

Abstract

Search in the present article take - from the main works of the author – an analysis of two central themes at the thought of Michel Foucault, namely: the archaeological and genealogical perspectives of his approach and the corresponding construction of the concepts of disciplinary society and biopolitics. The problem guiding text can be summarized thus: to what extent archeology/genealogy of power that marks the research foucault's philosophy is relevant to understanding the legal phenomenon in contemporary society, particularly with regard to the movement of transition/overlap the author notes between the disciplinary model of social organization for the bio-political model? The limits of this work to these two aspects of Foucault's reflection is due to the realization that lies in them a high potential for the construction of multiple critical perspectives on the legal phenomenon, especially in relation to different aspects of power that underlie it. As a research method, it was the rationalist understanding employee, not in the sense of application of pre-judgments rationalist research, but from the perspective of evidence rationally central concepts and their possible connections of meaning to the legal field.

Keywords: Archeology; genealogy; disciplinary society; biopolitics; legal phenomenon.


Palavras-chave


Arqueologia; genealogia; sociedade disciplinar; biopolítica; fenômeno jurídico.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/rqi.2016.17727


Esta licença permite que outros distribuam, remixem, adaptem e criem a partir do seu trabalho, mesmo para fins comerciais, desde que lhe atribuam o devido crédito pela criação original: (https://creativecommons.org/licenses/by/4.0/

 

Indexada em | Indexed by:

Library of Congresshttp://www.journaltocs.ac.uk/API/blog/images/journaltocslogo.jpgResultado de imagem para road open access

SHERPA/RoMEO LogoResultado de imagem para "ebsco"Resultado de imagem para "American Association for the Advancement of Science"

 

Resultado de imagem para scilitResultado de imagem para erih plus3d rendered picture of high peaks and cloud, with typographic logo for JURN

Resultado de imagem para lexis nexisResultado de imagem para suncatLA Referencia

Resultado de imagem para "Current Research Information System In Norway"

 

Resultado de imagem para google scholarhttp://www.lib.uct.ac.za/sites/default/files/image_tool/images/14/web-science_1_cus.png

Ver outras indexações da Revista

Periódico associado | Associated journal:

Associação Brasileira de Editores Científicos – ABEC