ANÁLISE DAS REDAÇÕES DO ENEM À LUZ DA TEORIA DA ICONICIDADE VERBAL

Helena Lima Settecerze, Ana Cristina dos Santos Malfacini, Geórgia Barbosa Bernardino de Moraes

Resumo


Resumo: O presente artigo tem como objetivo analisar 5 redações que obtiveram nota máxima no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2018, sob um estudo da Semiótica do filósofo Charles Sanders Peirce, foco de estudo do livro utilizado como suporte para esta pesquisa, Iconicidade Verbal: Teoria e Prática, de Darcilia Simões. As redações fazem parte de uma cartilha chamada Redação a mil, compilada por um dos estudantes com o intuito de auxiliar outros candidatos em edições futuras do Enem. A cartilha contém 30 textos dissertativos-argumentativos com o tema “Manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet”.

Palavras-chave: Semiótica. Teoria da Iconicidade Verbal. Enem.

 

Abstract:The current article aims to analyze 5 essays that obtained a maximum score in the National High School Exam (Enem) of 2018, under a study of the Semiotics of the philosopher Charles Sanders Peirce, who was the focus of the book used as support for this research, Verbal Iconicity: Theory and Practice, by Darcilia Simões. The essays are part of a guideline called Redação a mil, compiled by one of the students to assist other candidates in future editions of Enem. The guideline contains 30 dissertations as examples of argumentative texts with the theme “Manipulation of user's behaviour through data control on the internet”.

Keywords: Semiotics. Verbal Iconicity Theory. Enem.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/polemica.2019.51612