A TEORIA DA DIALOGICIDADE EM MARTIN BUBER E PAULO FREIRE: APROXIMAÇÕES E DIVERGÊNCIAS CONCEITUAIS

Waldma Maíra Menezes de Oliveira, Ivanilde Apoluceno de Oliveira, Lyandra Lareza da Silva Matos

Resumo


Resumo

Este artigo tem como eixo principal a análise sobre a dialogicidade no pensamento educacional de Paulo Freire e Martin Buber, isto é, versará sobre a categoria diálogo como elemento central. A pesquisa objetiva realizar um estudo comparativo sobre as teorias da dialogicidade dos dois pensadores. Trata-se de uma pesquisa bibliográfica, cujos procedimentos metodológicos são o levantamento bibliográfico e a sistematização e análise dos dados, na qual se utilizou a técnica da Análise de Conteúdos. O uso da comparação, enquanto perspectiva de análise possibilita realizar aproximações e discordâncias presentes na base epistêmica Freireana e Buberiana. Os referenciais mais representativos foram: Freire (1979, 1980a, 1980b, 1996, 1997, 2007 e 2017); Buber (2012); Querette (2007); Zuben (2012) e Schneider (1998). A concepção freireana de educação é reconhecidamente uma referência nas práticas educativas no contexto brasileiro, por outro lado o pensamento educacional Buberiano não é tão disseminado, apesar de sua grande contribuição para a educação. Identificamos pontos de aproximações e de afastamentos entre esses dois autores em termos da teoria da dialogicidade em suas dimensões existencial, ético-política e educacional. Todavia, não se trata de realizar uma problematização sobre qual concepção é melhor visibilizada, pois além de questões de construções teóricas particulares, os autores vivenciaram épocas e contextos diferentes. Assim o mais interessante é entender a contribuição que ambos trazem para o campo educacional, consequentemente para a vida humana.

 

Palavras-Chave: Diálogo; Educação; Paulo Freire; Martin Buber


Palavras-chave


Diálogo; Educação; Paulo Freire; Martin Buber

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/periferia.2020.45672

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil  

Revista Periferia, uma publicação eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação, Cultura e Comunicação em Periferias Urbanas – PPGECC/UERJ - ISSN: 1984-9540