DISCURSO DE JOVENS PROVENIENTES DE GRUPOS MINORITÁRIOS SOBRE AS DESIGUALDADES ESCOLARES NO QUEBEC

Marie-Odile Magnan, Tya Collins, Annie Pilote, Roberta de Oliveira Soares

Resumo


No Canadá, apesar da massificação do ensino superior, as desigualdades de permanência persistem. No Quebec, pesquisas permitiram identificar as regiões de origem dos jovens para quem a taxa de abandono no ensino médio e no ensino superior é mais elevada, entre outros o Caribe e as Américas Central e do Sul. Neste estudo qualitativo, foi realizada uma análise indutiva e retrospectiva das histórias de vida de 24 jovens que frequentavam o ensino superior em Montreal, cujos pais nasceram no Caribe ou na América Latina. Nossa análise crítica revela os efeitos desiguais percebidos da ação escolar e do meio em suas experiências. Em conclusão, algumas possibilidades de reflexão são evocadas para sistematicamente desenvolver práticas de equidade.


Palavras-chave


Desigualdades escolares, imigração, ensino superior, práticas escolares, equidade.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/periferia.2019.42271

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil  

Revista Periferia, uma publicação eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação, Cultura e Comunicação em Periferias Urbanas – PPGECC/UERJ - ISSN: 1984-9540