EU-TU E EU-ISSO DE MARTIN BUBER: REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DE PROFESSORAS SOBRE ESCOLARIZAÇÃO DE SURDOS

Huber Kline Guedes Lobato

Resumo


Este artigo focaliza os pressupostos teóricos e metodológicos sobre a Teoria das Representações Sociais e os princípios filosóficos de Martin Buber acerca das atitudes Eu-Tu e Eu-Isso. O estudo surgiu do seguinte questionamento: que Representações Sociais são partilhadas por professoras sobre as atitudes estabelecidas com alunos Surdos no contexto escolar de Breves-Pará? Assim, temos como objetivo neste estudo analisar as Representações Sociais de professoras acerca das atitudes estabelecidas com alunos Surdos em Breves - Pará. A pesquisa se fundamentou em uma abordagem qualitativa, se caracterizando em uma pesquisa de campo e estudo de caso, sendo que foi desenvolvida com base na metodologia de pesquisa das Representações Sociais. Os procedimentos metodológicos elencados foram a observação no lócus e as entrevistas individuais com 05 (cinco) professoras de Breves-Pará. Para o tratamento dos dados coletados ou análise do corpus das respostas das professoras, utilizamos algumas técnicas de análise de conteúdo sugeridas por Bardin (2011). Os resultados deste estudo indicam que no contexto escolar são estabelecidas atitudes docentes ambivalente com os alunos Surdos, isto é, ora as atitudes Eu-Tu são instauradas no seio dessa interação, sendo que em muitos momentos ocorrem as atitudes Eu-Isso por parte de outros professores para com os alunos Surdos. Neste estudo concluímos que a escola precisa se posicionar de maneira crítica, em relação às atitudes Eu-Isso, que reproduzem as barreiras comunicacionais entre Surdos e ouvintes, em contrapartida precisa se tornar um ambiente de relações Eu-Tu, visando o respeito às diferenças linguísticas do aluno Surdo.


Palavras-chave


Representações sociais; atitudes eu-tu; atitudes eu-isso, aluno surdo.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/periferia.2020.42083

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil  

Revista Periferia, uma publicação eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação, Cultura e Comunicação em Periferias Urbanas – PPGECC/UERJ - ISSN: 1984-9540