MULTIMODALIDADE E EFEITOS DE SENTIDO NO GÊNERO MEME

Josiane Brunetti Cani

Resumo


Considerando a importância de compreender a natureza constitutiva dos gêneros influenciada pelos recursos tecnológicos digitais, este trabalho tem como objetivo discutir a multimodalidade presente no gênero meme. A partir de uma análise multimodal à luz dos pressupostos teóricos abordados por Jewitt e Hiippala, apresentam-se alguns memes coletados no Facebook, estabelecendo uma taxonomia desses autores para a análise da multimodalidade relacionada aos principais usos desse gênero como dinâmica social. Utiliza-se uma abordagem qualitativa, abrangendo aspectos da linguagem visual e verbal, bem como elementos interativos de comunicação social. A análise permitiu concluir que as representações semióticas desses textos, facilmente replicáveis, seja por meio de crítica, humor ou carga emocional, promovem impactos nas práticas sociais.

 


Palavras-chave


multimodalidade; gêneros; memes; práticas sociais

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/periferia.2019.36955

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil  

Revista Periferia, uma publicação eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação, Cultura e Comunicação em Periferias Urbanas – PPGECC/UERJ - ISSN: 1984-9540