IGUALDADE & DIFERENÇA: TENSÕES QUE ARTICULAM OS DISCURSOS PEDAGÓGICOS

Renata Leite de Oliveira, Talita Vidal Pereira

Resumo


Renata Leite de Oliveira, Talita Vidal Pereira

DOI: 10.12957/periferia.2014.17273

Nesse artigo apresentamos algumas reflexões suscitadas no âmbito das pesquisas que temos realizado no contexto do grupo de pesquisa Currículo: conhecimento & cultura. Essas reflexões são orientadas por uma concepção de diferença que tem orientado as formas pelas quais pensamos o currículo como espaço-tempo de fronteira, como fluxo de significados em permanente processo de negociação e tradução. Operamos em uma perspectiva pós-estruturalista e pós-colonial para defender um conceito de diferença que, a nosso ver, carrega um potencial produtivo na perspectiva de rompimento com os dualismos que ainda são muito presentes no campo educacional com repercussões na escola.


Palavras-chave


currículo; diferença; igualdade; discurso pedagógico

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/periferia.2014.17273

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil  

Revista Periferia, uma publicação eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação, Cultura e Comunicação em Periferias Urbanas – PPGECC/UERJ - ISSN: 1984-9540