AS RELAÇÕES DE PODER NA E ENTRE A ESCOLA NORMAL E A CIDADE DE BELÉM DO PARÁ DE 1890 A 1920: A BELLE ÉPOQUE NA ESCOLA

Raimundo William Tavares Júnior

Resumo


Raimundo William Tavares Júnior

DOI: 10.12957/periferia.2014.17265

 

O objeto desse artigo são as relações entre a Escola Normal e a cidade de Belém entre 1890 e 1920 durante um forte processo de modernização. Quais os tipos de confronto e negociação entre seu currículo e regulamento, espelhando um ideal de vida civilizado e disciplinado com seus diversos sujeitos como funcionários, alunos e professores? Que tipo de relações a escola é obrigada a ter com outras esferas governamentais para defender seus interesses corporativos?


Palavras-chave


Escola normal; educação; modernização; cidade de Belém do Pará, Belle Époque.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/periferia.2014.17265

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil  

Revista Periferia, uma publicação eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação, Cultura e Comunicação em Periferias Urbanas – PPGECC/UERJ - ISSN: 1984-9540