A construção da queda em Solness, o construtor, de Henrik Ibsen

Vicentonio Regis do Nascimento Silva

Resumo


Em Solness, o construtor, Henrik Ibsen descreve a ascensão e a queda de um arquiteto que, na tentativa de ampliar seu poder econômico, social e simbólico, perde o discernimento entre o real e o ilusório, morrendo logo depois desequilibrar-se no topo de uma de suas construções. As personagens femininas alternam-se nas casas actanciais de oponente e adjuvante, ora lutando pela vida do empreiteiro, ora desdobrando-se para que ele morra. Este artigo pretende demonstrar as convergências, as divergências, os diálogos e os trânsitos das personagens femininas na manipulação do protagonista.


Palavras-chave


IBSEN, FEMININO, DRAMA MODERNO

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/palimpsesto.2020.51592

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 VICENTONIO REGIS DO NASCIMENTO SILVA

 


ISSN 1809-3507 | DOI: 10.12957/palimpsesto


Palimpsesto é uma publicação do corpo discente do Programa de Pós-Graduação em Letras da UERJ:

UERJ >> Instituto de Letras >> Programa de Pós-graduação em Letras

 


Indexado nas seguintes bases:

 

Periodicos CAPES Latindex Find in a library with WorldCat MLA Livre MIAR ResearchBib BASE Logo UF Libraries University of Texas Libraries  Library Logo UCLA Library University of Wisconsin - Madison Libraries EZB


Licença Creative Commons

A Palimpsesto utiliza uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.