A Cobra e o Sapo do Racismo no Brasil

J. A. Lindgren-Alves

Resumo


A morte repulsiva de George Floyd nos Estados Unidos trouxe de volta a luta contra o racismo estrutural para a frente dos movimentos sociais no mundo. O presente ensaio sumaria tendências gerais da evolução da questão racial no Brasil, para chegar à situação atual. Nesta, a militância antirracista se torna crescentemente radical, enquanto a destruição de conquistas prévias pelo governo extremista de direita prossegue sem oposição efetiva.

Palavras-chaves: Racismo Estrutural; Antirracismo; Brasil.

 

ABSTRACT

The outrageous killing of George Floyd in the United States brought back the fight against structural racism to the forefront of social movements in the world. This essay sumarizes general trends of the evolution of the racial question in Brazil, in order to reach the current Brazilian situation, in which advocacy of antirracism turns increasingly radical, while destruction of former advances goes on by the extremist far right government in power, without concrete opposition.

Keywords: Structural Racism; Anti-Racism; Brazil.

 

Recebido em: 20/04/2021.


Palavras-chave


Racismo Estrutural; Antirracismo; Brasil

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/neiba.2021.59464

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 J. A. Lindgren-Alves

Indexada em | Indexed by:

Academia.edu

ISSN: 2317-3459 (Qualis B2)

PPGRI - Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais

Rua São Francisco Xavier, 524, Pavilhão - João Lyra Filho, 9ºandar, Bloco F, sala 9037, Maracanã, Rio de Janeiro, RJ - Cep: 20550-013 - Tel. fax: (021) 2334 0678 /// E.mail – uerjneiba@gmail.com