Entre La Pampa Y El Mar: Sarmiento, Hernández e Um Bosquejo Histórico-Literário Sobre a Gênese do Pensamento Geopolítico Argentino

Gabriel Rodrigues Peixoto

Resumo


A dialética histórica entre forças telúricas e talassocráticas teve clara manifestação no desenvolvimento bifurcado do pensamento geopolítico argentino no século XX. É certo afirmar que em suas elucubrações conceituais, com vistas a reafirmar a dialética de raiz mackinderiana na realidade nacional, tal antinomia, ainda que inevitavelmente influenciada por autores estrangeiros, recorreu a um imaginário de arraigo às renhidas disputas que marcaram o processo de fundação do país. Aqui, não por um acaso, aquelas obras consideradas símbolos na construção do ideário político da república, Facundo: Civilización y Barbarie e Martin Fierro, haveriam de estar invocadas recorrentemente na produção teórica da geopolítica local. É nesse sentido, que este artigo parte a identificar, desde uma análise histórico-literária, as correspectividades mitopolitológicas entre as obras de Domingo Sarmiento e José Hernández e aqueles aspectos próprios do enfrentamento primordial entre aquelas forças da terra e do mar que lastreiam o pensamento geopolítico.

Palavras-chave: Pensamento geopolítico, Literatura, Argentina.

ABSTRACT

The historical dialectics between telluric and thalassocratic forces was clearly manifested in the bifurcated development of Argentine geopolitical thought in the 20th century. It is true to say that in its conceptual elaborations, in order to reaffirm the Mackinderian dialectic in the national reality, such antinomy, although inevitably influenced by foreign authors, resorted to a deep-seated imagination of the fierce disputes that marked the country's founding process. Here, not by chance, those works considered symbols in the construction of the republic's political ideology, Facundo: Civilización y Barbarie and Martin Fierro, would be repeatedly invoked in the theoretical production of local geopolitics. It is in this sense that this article sets out to identify, from a historical-literary analysis, the mythopolitological correlations between the works of Domingo Sarmiento and José Hernández and those aspects of the primordial confrontation between those forces of land and sea that support geopolitical thought.

Keywords: Geopolitical thinking, Literature, Argentina.

 

Recebido em: 26/10/2020 | Aceito em: 04/01/2021.

 


Palavras-chave


Pensamento geopolítico; Literatura; Argentina

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/neiba.2021.55621

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Gabriel Rodrigues Peixoto

Indexada em | Indexed by:

Academia.edu

ISSN: 2317-3459 (Qualis B2)

PPGRI - Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais

Rua São Francisco Xavier, 524, Pavilhão - João Lyra Filho, 9ºandar, Bloco F, sala 9037, Maracanã, Rio de Janeiro, RJ - Cep: 20550-013 - Tel. fax: (021) 2334 0678 /// E.mail – uerjneiba@gmail.com