O golpe de 1964 e a política externa brasileira dentro do contexto repressivo

Alessandra Beber Castilho

Resumo


O presente artigo tem como objetivo dar um contexto geral da presença e participação do Ministério das Relações Exteriores dentro do aparato repressivo montado pelo Regime Militar entre 1964 e 1985. Tendo como premissa a hipótese de que questões internas, como a forma de governo, interfere na política externa, procuraremos analisar de que forma se deu a política externa brasileira dentro do contexto repressivo, seja no monitoramento de exilados fora do país bem como através da ajuda logística na implementação de ditaduras no restante da América do Sul nos anos 1970, especialmente sua participação na rede repressiva do Cone Sul, denominada Operação Condor.

Palavras-chave


Política externa; itamaraty; regime militar

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/neiba.2014.13849

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais

Indexada em | Indexed by:

Academia.edu

ISSN: 2317-3459 (Qualis B2)

PPGRI - Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais

Rua São Francisco Xavier, 524, Pavilhão - João Lyra Filho, 9ºandar, Bloco F, sala 9037, Maracanã, Rio de Janeiro, RJ - Cep: 20550-013 - Tel. fax: (021) 2334 0678 /// E.mail – uerjneiba@gmail.com