A integração agro-alimentar no Cone Sul e os desafios para a soberania alimentar e o desenvolvimento sustentável

Sara Garay

Resumo


Atualmente, a atividade agrícola dos países latino-americanos se organiza em função de cadeias globais de produção e comercialização, estruturas orientadas ao atendimento das demandas por matérias-primas agrícolas, alimentos e outros produtos agroindustriais em nível mundial. Este artigo tem como objetivo estudar a configuração dessas cadeias na região do Cone Sul – Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai. Especificamente, o trabalho problematiza o papel das empresas transnacionais do agronegócio, que controlam grande parte dos processos, resultando em uma subordinação das estruturas produtivas e atores locais à sua lógica de atuação. Finalmente, discute-se sobre os desafios para a soberania alimentar e o desenvolvimento sustentável nesses países, considerando o cenário analisado.


Palavras-chave


cadeias agro-alimentares globais; Cone Sul; soberania alimentar

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/neiba.2015.13831

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais

Indexada em | Indexed by:

 Academia.edu  

 

 

ISSN: 2317-3459 (Qualis B2)

PPGRI - Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais

Rua São Francisco Xavier, 524, Pavilhão - João Lyra Filho, 9ºandar, Bloco F, sala 9037, Maracanã, Rio de Janeiro, RJ - Cep: 20550-013 - Tel. fax: (021) 2334 0678 /// E.mail – uerjneiba@gmail.com