Modos de participar: irreverências e interferências numa escola de educação profissional e tecnológica

Cynthia Krüger Quinino Marciano Laurindo, Ana Lucia Coelho Heckert

Resumo


Este artigo compartilha os movimentos e alguns resultados de uma pesquisa de Mestrado que buscou acompanhar os modos de participar dos estudantes e suas interferências nos processos de formação e gestão no Ifes – Campus Serra/ES. Este percurso de pesquisa foi construído a partir dos referenciais da pesquisa-intervenção e aconteceu por meio da tessitura de conversas com participantes de movimentos sociais, estudantes e trabalhadores desta Escola. Neste artigo debatemos as formas de participação não institucionalizadas efetuadas por estudantes, partilhando as produções do jornal No Muro. Concluímos apontando que estes modos de participar interferem nos processos de formação e gestão do Ifes e colocam em análise práticas cotidianas, muitas vezes silenciadas no cotidiano da Escola.

Palavras-chave


participação estudantil; educação; políticas públicas

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/mnemosine.2021.61845

Apontamentos

  • Não há apontamentos.