A Guerra na terra do Sol: cotidiano e mobilização para a Segunda Guerra Mundial em Fortaleza/Ceará

Edson Holanda Lima Barboza

Resumo


O artigo aborda os impactos da Segunda Guerra Mundial em Fortaleza, capital do estado do Ceará. Evidencia a participação de movimentos populares e intelectuais, com destaque para os acadêmicos da Faculdade de Direito nas ações de combate ao nazismo, desde palestras nas escolas da capital até as manifestações ocorridas em agosto de 1942, quando a população enfurecida contra os bombardeios de navios brasileiros praticou quebra-quebra e saques em lojas de proprietários de nacionalidades vinculadas aos países do Eixo (Alemanha, Itália e Japão). Discute ainda os impactos da presença de militares norte-americanos que estabeleceram bases em Fortaleza e como o conflito afetou aspectos do cotidiano da cidade.  A partir da perspectiva da história social e dialogando com jornais, obras literárias, memorialistas, biografias e depoimentos, problematiza as especificidades locais, entre as quais a seca de 1942, a presença de retirantes e mendigos na cidade e as ações do poder público, que supostamente buscavam prevenir os populares de ataque das nações inimigas, mas que na prática também foram utilizadas como medidas de controle social.


Palavras-chave


Mobilização. Guerra. Cotidiano.

Texto completo:

PDF

Referências


ABREU, Berenice. O Raid da Jangada São Pedro: Pescadores, Estado Novo e luta por direitos. 2007. Tese (Doutorado em História Social) – Instituto de Ciências Humanas, Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2007. Disponível em: https://www.historia.uff.br/stricto/teses/Tese-2007_ABREU_Berenice-S.pdf Acesso em: 01 jun. 2022.

BARBOZA, Edson Holanda Lima. Ida ao Inferno Verde: experiências da migração de trabalhadores do Ceará para a Amazônia (1942-1945). 2005. Dissertação (Mestrado em História Social). Programa de Estudos Pós-Graduados em História. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2005. Disponível em: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/13022 Acesso em: 01 jun. 2022.

BRAGA, Salto sobre o lago: a guerra chegou ao Ceará. Fortaleza: Primus, 2017.

CAPELATO, Maria Helena Rolim. Estado Novo: Novas Histórias. In: FREITAS, Marcos Cezar de (Org.). Historiografia Brasileira em Perspectiva. São Paulo: Contexto, 1998. p. 183-213

CARVALHO, Jáder de. Aldeota. Fortaleza: Edições Demócrito Rocha, 2003.

CRUZ, Luiz Antônio Pinto; ARAS, Lina Maria Brandão. Aracaju amedrontada: a ação do U-507 na costa sergipana (1942). In: PEDREIRA, Flávia de Sá (Org.) Nordeste do Brasil na II Guerra Mundial. 2ª ed. João Pessoa: Ideia, 2021. pp. 13-38.

COSTA, José Raimundo. Memória de um Jornal. Fortaleza: Fundação Demócrito Rocha, 1988.

DEPARTAMENTO DE IMPRENSA E PROPAGANDA (DIP). Causa em desespero. O Nordeste, Fortaleza, 18 de agosto de 1942, p.1. Hemeroteca. Instituto do Ceará (Histórico, Geográfico e Antropológico).

HOBSBAWM, Eric. Sobre a História. São Paulo: Companhia das letras, 1998.

HOLANDA, Firmino. Orson Welles no Ceará. Fortaleza, Edições Demócrito Rocha, 2001.

MORALES, Lúcia Arrais. Vai e vem, vira e volta: as rotas dos soldados da borracha. São Paulo: Annablume; Fortaleza: Secult, 2002.

LEAL, Ângela Barros. Jader de Carvalho. Fortaleza: Fundação Demócrito Rocha, 2000.

LOPES, Marciano. Royal Briar: Fortaleza dos anos 40. 4ª edição. Fortaleza: ABC, 1996.

MAYNARD, Dilton Cândido Santos. Noites de terror em mar e terra: o cotidiano em Aracajú (1942-1942). In: PEDREIRA, Flávia de Sá. (Org.) Nordeste do Brasil na II Guerra Mundial. 2ª ed. João Pessoa: Ideia, 2021. pp. 189-206.

MATOS, Tomaz Pompeu Gomes. Quebra-quebra contra Hitler no centro da Cidade. Singular: uma revista plural, Fortaleza, Ano:1, n. 1, pp. 16-19, set. 1999.

MOURA, Gerson. Tio Sam chega ao Brasil: A penetração cultural americana. São Paulo: Brasiliense, 1993.

NEVES, Frederico de Castro. A Multidão e a História: Saques e outras ações de massas no Ceará. Rio de janeiro: Relume Dumará; Fortaleza: Secretaria de Cultura e Desporto, 2000.

PEDREIRA, Flávia de Sá. Foi tudo verdade. Revista de História da Biblioteca Nacional, Rio de janeiro, ano 5, nº 50, pp. 26-30, nov-2009, pp. 29-30.

PIMENTEL, Francisco Menezes. Nota da Interventoria Federal. O Nordeste, Fortaleza, 21 de agosto de 1942. p.1 Hemeroteca. Instituto do Ceará (Histórico, Geográfico e Antropológico).

O POVO, Torpedeado um Navio do Lloyde Brasileiro. O Povo. 18 de fevereiro de 1942, p. 1. Setor de Periódicos. Biblioteca Estadual do Ceará-BECE.

O POVO, Os operários também formarão. O Povo, Fortaleza 08 de agosto de 1942, p. 1. Setor de Periódicos. Biblioteca Estadual do Ceará-BECE.

O POVO, Vibra o povo cearense contra a pirataria nazista, O Povo, 18 de janeiro de 1942, p. 4. Setor de Periódicos. Biblioteca Estadual do Ceará-BECE.

O POVO. Instrução de Defesa Passiva. O Povo, Fortaleza, 17 de setembro de 1942, p. 4. Setor de Periódicos. Biblioteca Estadual do Ceará-BECE.

PIMENTEL, Francisco Menezes. Apelo. O Nordeste, Fortaleza, 21 de agosto de 1942. p. 1. Hemeroteca. Instituto do Ceará (Histórico, Geográfico e Antropológico).

QUEIROZ, Rachel. Ceará. O Povo, Fortaleza, 18 de março de 1944, p. 3. Setor de Periódicos. Biblioteca Estadual do Ceará-BECE.

QUEIROZ, Rachel. Existe outra saída, sim. 2ª ed. Fortaleza: Edições Demócrito Rocha, 2010.

SECRETO, Maria Verónica. Soldados da borracha: trabalhadores entre o sertão e a Amazônia no governo Vargas. São Paulo: Editora Fundação Perseu Abramo, 2007

SILVA FILHO, Antônio Luiz Macêdo e. Além do campo de batalha: traços da guerra em Fortaleza. In: PEDREIRA, Flávia de Sá. (Org.) Nordeste do Brasil na II Guerra Mundial. 2ª ed. João Pessoa: Ideia, 2021. pp. 39-65.

SINDICATO DOS LOJISTAS DE FORTALEZA, Nota Oficial. O Povo, Fortaleza, 18 de agosto de 1942. p. 1. Setor de Periódicos. Biblioteca Estadual do Ceará-BECE.

SILVA, Jane D. Semeão e. Mulheres de Fortaleza nos anos 1940: uma vivência da Segunda Guerra Mundial. 2000. Dissertação (Mestrado em História Social) – Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2000.

SOUZA, Simone. O Município e a centralização política (1930-1945). In: SOUZA, Simone et al. Fortaleza: a gestão da cidade (uma história político-administrativa). Fortaleza: NUDOC, 1994.

TOTA, Antonio Pedro. O imperialismo Sedutor: a americanização do Brasil na época da Segunda Guerra. São Paulo: Companhia das Letras, 2000.




DOI: https://doi.org/10.12957/revmar.2022.64738

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexadores

                 

         

              

               

 

 

Divulgadores