Poderes, trajetórias e administração no Império português (séculos XVI-XVIII)

Rafael Ricarte da Silva, Reinaldo Forte Carvalho

Resumo


Apresentação. Revista Maracanan, Rio de Janeiro, PPGH-UERJ, n. 25 - "Poderes, trajetórias e administração no Império português (séculos XVI-XVIII)", set.-dez. 2020.

Palavras-chave


Império Português; Administração Colonial; Trajetórias de Vida

Texto completo:

PDF

Referências


FRAGOSO, J.; BICALHO, M. F.; GOUVÊA, M. de F. (orgs.). Antigo Regime nos Trópicos: A Dinâmica Imperial Portuguesa. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2001.

FRAGOSO, J.; GOUVÊA, M. F. (orgs.). Na trama das redes: política e negócio no império português, séculos XVI-XVIII. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2010.

FRAGOSO, J.; GOUVÊA, M. F. (orgs.). O Brasil Colonial. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2014. 3 vols.

FRAGOSO, J.; SAMPAIO, A. C. J. (orgs.). Monarquia pluricontinental e a governança da terra no ultramar atlântico luso: Séculos XVI-XVIII. Rio de Janeiro: Mauad X, 2012.

SAMPAIO, A. C. J.; ALMEIDA, C. M. C.; FRAGOSO. J. Conquistadores e negociantes: histórias de elites no Antigo Regime nos trópicos: América lusa, séculos XVI a XVIII. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2007.

VENÂNCIO, R. P.; GONÇALVES, A. L.; CHAVES, C. M. D. G. (orgs.). Administrando impérios: Portugal e Brasil nos séculos XVIII e XIX. Belo Horizonte: Fino Traço, 2012.




DOI: https://doi.org/10.12957/revmar.2020.54203

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexadores

                 

         

              

               

 

 

Divulgadores