Visitando obras historiográficas do Império Lusitano na Oceania: Um recorte da história de Timor-Leste

Hélio José Santos Maia, Urânia Auxiliadora Santos Maia de Oliveira

Resumo


O artigo procura relacionar literatura historiográfica do Império Português do período colonial de Timor-Leste como fonte de argumentos para uma literatura ficcional pós-colonial por meio de duas obras de grande importância para o entendimento do período. As narrativas das obras As possessões Portuguesas na Oceania de Afonso de Castro de 1867 e Ocupação e Colonização Branca de Timor de Teófilo Duarte de 1940, ambos antigos governadores portugueses de Timor-Leste, são abundantes e apresentam fatos de grande beleza literária, que como fatos históricos, contam a saga do povo timorense. Com esse direcionamento o artigo traça o processo de colonização no rastro das Grandes Navegações que iniciou a globalização e a dominação cultural para culminar na historiografia oficial de Timor e os argumentos literários que dela podem ser colhidos. O trabalho é parte de pesquisa de doutoramento de um de seus autores e como metodologia procedeu-se a pesquisa bibliográfica a documentos históricos presentes na Biblioteca da Pós-Graduação da Universidade Nacional de Timor Lorosa'e.


Palavras-chave


Historiografia; Timor-Leste; Argumento Literário; Pós-colonial

Texto completo:

PDF

Referências


BARBEDO DE MAGALHÃES, António. Timor-Leste - Interesses Internacionais e actores locais. Vol. III: A difícil construção do Estado democrático, 1999-2007. Porto: Afrontamento, 2007.

BECK, Ulrich. O que é Globalização? Equívocos do globalismo: respostas à globalização. São Paulo: Paz e Terra, 1999.

BORGES, Márcio. Cartas da Humanidade: Civilização escrita à mão. Cinco mil anos de história em 141 cartas imemoriais. São Paulo: Geração, 2014.

CASTRO, Afonso de. As Possessões Portuguezas na Oceania. Lisboa: Imprensa Nacional, 1867.

DOREN, Charles Van. Uma breve história do conhecimento. Rio de Janeiro: Casa da Palavra, 2012.

DOWEL, J. A. M. Os jesuítas e a globalização uma alternativa. In: BINGEMER, M. C. L.; et al (eds.). A Globalização e os Jesuítas: Origens, história e impactos. Vol. 1. São Paulo: Loyola 2007.

DUARTE, T. Ocupação e Colonização Branca de Timor. Porto: Educação Nacional, 1944. (Coleção Fórum - Estudos Coloniais, 13ª Secção, n. 2).

FRANCA, L. O método pedagógico dos Jesuítas. Rio de Janeiro: Agir, 1952.

FREYRE, Gilberto. China Tropical. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 2003.

HARARI, Yuval Noah. Sapiens: Uma breve história da humanidade. Porto Alegre: L&PM, 2015.

HULL, Geoffrey; ECCLES, Lance. Gramática da Língua Tétum. Lisboa; Porto; Coimbra: Lidel, 2005.

MARCHTONNI, Antonio. Prefácio da Edição em português da obra Didascálicon da arte de ler. In: DE SÃO VÍTOR, H. Didascálicon da arte de ler. Trad. Antonio Marchtonni. Petrópolis, RJ: Vozes, 2001.

MILLER, Barbara. Antropología Cultural. Madrid: Pearson Educación, 2011.

STANLEY, Christopher. The Colonized Apostle: Paul Through Postcolonial Eyes. Minneapolis: Fortress Press, 2011.

XIMENES BELO, Dom Carlos Filipe. Os Reinos Antigos de Timor-Leste: Reys de Lorosay e Reys de Lorothoba, Coronéis e Datos. Porto: Ed. Porto, 2013.




DOI: https://doi.org/10.12957/revmar.2020.48939

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexadores

                 

         

              

              

 

 

Divulgadores