Encontros nas margens: percursos urbanos, corpo e desejo na filmografia de Marcelo Caetano

Fabio Allan Mendes Ramalho

Resumo


Neste artigo, pretendemos discutir como os locais públicos e as zonas liminares desempenham um papel central nos filmes Bailão (2009), Na sua companhia (2011) e Corpo elétrico (2017), dirigidos por Marcelo Caetano. O que está em jogo nestas obras é a própria possibilidade de experienciar espaços urbanos como lugares de encontro afetivo e desejo erótico. Mediante um investimento em relações e itinerários à margem, traçamos uma tensão e também uma ambivalência recorrente em relação às cidades que os personagens habitam. A forma cinematográfica destaca a cidade como topografia imaginada e, ainda, como um plano de percepção composto por várias modulações entre desconexão e pertencimento, disciplina e prazer, proximidade e exclusão

Palavras-chave


Cidade; Corpo; Sexualidade; Cinema Brasileiro; Marcelo Caetano

Texto completo:

PDF

Referências


AUMONT, Jacques. O olho interminável: cinema e pintura. São Paulo: Cosac &Naify, 2004.

BENJAMIN, Walter.Obras Escolhidas II: Rua de mão única. São Paulo: Brasiliense, 1987.

BENJAMIN, Walter. Obras Escolhidas III: Charles Baudelaire, um lírico no auge do capitalismo. São Paulo: Brasiliense, 1989.

BRUNO, Giuliana. Visual Studies: Four Takes on Spatial Turns. Journal of the Society of Architectural Historians, v. 65, n. 1, p. 23-24, Mar. 2006.

FOUCAULT, Michel. O corpo utópico, as heterotopias. São Paulo: n-1 Edições, 2013.

KRANIAUSKAS, John. Cuidado, ruínas mexicanas!: “Rua de Mão Única” e o inconsciente colonial. In: A filosofia de Walter Benjamin: Destruição e experiência. Rio de Janeiro: Zahar, 1997.

MUÑOZ, José Esteban. Ghosts of public sex: utopian longings, queer memories. In: Cruising utopia: the then and there of queer futurity. New York; London: NYU Press, 2009.

PÁL PELBART, Peter. Cidade, lugar do possível. In: Vertigem por um fio: políticas da subjetividade contemporânea. São Paulo: Iluminuras, 2000.

PERLONGHER, Néstor. Poética urbana. In: Prosa plebeya: ensayos 1980-1992. Buenos Aires: Colihue, 1997.

PIGLIA, Ricardo. Leitores imaginários. In: O último leitor. São Paulo: Companhia das letras, 2006.

SARLO, Beatriz. Una modernidad periférica: Buenos Aires 1920 y1930. Buenos Aires: Nueva Visión, 2007.




DOI: https://doi.org/10.12957/revmar.2020.47600

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexadores

                 

         

              

              

 

Divulgadores