Sofia Jobim e o ensino da indumentária histórica na E.N.B.A

Maria Cristina Volpi

Resumo


DOI: 10.12957/revmar.2016.20876

Esta nota de pesquisa apresenta o estudo do ensino da indumentária histórica na Escola Nacional de Belas Artes (E.N.B.A.), no Rio de Janeiro, com foco na trajetória de Maria Sofia Jobim Magno de Carvalho (1904-1968) que aí introduziu o curso e foi responsável por seu ensino entre 1949 e 1967. Suas fontes principais são documentos da coleção didática do Museu D. João VI e da coleção Sofia Jobim Magno de Carvalho do Museu Histórico Nacional, que possui mais de 6 mil documentos entre livros, cadernos manuscritos, fotografias, ilustrações, trajes e acessórios. A partir da revisão crítica desses dois acervos e da problematização dos contextos, das experiências, dos discursos e das práticas dos principais agentes que tomaram parte nesse processo, busca-se compreender como se deu o ensino do vestuário e da moda na  E.N.B.A. e qual foi o legado de Sofia.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/revmar.2016.20876

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexadores

                 

         

              

               

 

 

Divulgadores