Aleias do Parque Botânico do Ecomuseu Ilha Grande: um registro da história botânica da Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Cátia Henriques Callado, Carla Y Gubáu Manão, Nattacha dos Santos Moreira, Marcelo Fraga Castilhori, Marcelo Dias Machado Vianna Filho, Ricardo Carneiro da Cunha Reis, Vivianne Ribeiro Valença

Resumo


Este trabalho apresenta a estruturação das aleias do Parque Botânico do Ecomuseu Ilha Grande (PaB), localizado na Ilha Grande, Angra dos Reis, Rio de Janeiro, Brasil. A denominação das aleias ressalta a história de seis importantes pesquisadores da biodiversidade brasileira que tiveram suas trajetórias acadêmicas, seja quanto à formação, atuação e/ou constituição de acervo científico, relacionadas à Botânica da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ): Dr. Jorge Pedro Pereira Carauta, Dra. Margarete Emmerich, Dra. Graziela Maciel Barroso, Dr. Luiz Emygdio de Mello Filho, Dr. Heinrich Maximilian Friedrich Hellmuth Sick e Sra. Margaret Ursula Mee. Assim, as aleias não apenas demarcam os jardins temáticos e conduzem os visitantes pelo PaB, mas também apresentam o papel efetivo da UERJ na história botânica do Brasil.


Palavras-chave


Jardins Botânicos, Museus de Ciências, Instituto Penal Cândido Mendes.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/interag.2019.53542

ISSN: 1519-8847 | E-ISSN: 2236-4447
Depext-SR3/UERJ