Relato de experiência: projeto Planeta Azul numa escola municipal de Lavras – MG

Antônio Gilmar Carvalho Tavares, Sabrina Soares da Silva

Resumo


As questões socioambientais estão cada vez mais em pauta nos ambientes escolares. Portanto, este trabalho busca relatar uma experiência em educação ambiental, ao ar livre, com crianças, realizada no Parque Ecológico Quedas do Rio Bonito (PEQRB), envolvendo o Projeto Planeta Azul e uma escola municipal no município de Lavras – Minas Gerais. Ressalta-se a abrangência do termo Educação Ambiental (EA) e a importância de se trabalhar esse tema com atividades pedagógicas interdisciplinares e ações concretas. As atividades aconteceram em dois momentos distintos: sendo o primeiro dia, na escola, e o segundo, no Parque Ecológico quedas do Rio Bonito. O objetivo desse relato é descrever a experiência vivenciada nos dias de atividade que abordaram Educação Ambiental ao ar livre, por intermédio do projeto Planeta Azul.  Participaram das atividades 120 estudantes de ambos os sexos com a idade entre oito e nove anos, alunos do terceiro ano do ensino fundamental. Tive a oportunidade de participar do projeto como extensionista, no dia de visita ao parque, proporcionando aos alunos jogos, brincadeiras e desafios em meio à natureza, contribuindo para a experimentação prática e formação cidadã das crianças. Além disso, a experiência permitiu conhecer como a Educação Ambiental está sendo trabalhada dentro e fora da instituição escolar.

Palavras-chave


Educação ambiental; Escola; Experiências práticas

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/interag.2020.51362

ISSN: 1519-8847 | E-ISSN: 2236-4447
Depext-SR3/UERJ