A formação de enfermeiros nos cenários da prática assistencial em saúde da mulher: uma experiência de articulação entre a academia e o serviço

Adriana Lenho de Figueiredo Pereira, Patrícia Lima Pereira Peres, Liana Viana Ribeiro, Erivan Silva de Lyra

Resumo


O relato aborda as atividades de extensão do projeto Práticas educativas e formação profissional em enfermagem: Articulação ensino-serviço. O objetivo é descrever as experiências de extensão voltadas para a articulação entre a academia e o serviço durante a formação de enfermagem nos cenários de atenção à saúde da mulher. A metodologia constituiu um trabalho cooperativo e participativo para a integração docente e discente nas práticas assistenciais e educativas dos serviços e a colaboração dos enfermeiros preceptores na formação discente. Observou-se que as atividades de extensão favoreceram a relação docente-assistencial, a integração entre a unidade acadêmica e o serviço e a implementação de práticas de educação em saúde durante a formação. Concluiu-se que as atividades de extensão promovem o trabalho colaborativo entre a a universidade e os serviços de saúde que qualificam a formação de enfermeiros.


Palavras-chave


Saúde da mulher; Serviços de saúde; Educação em enfermagem; Cuidados de enfermagem

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/interag.2009.1807

ISSN: 1519-8847 | E-ISSN: 2236-4447
Depext-SR3/UERJ