Parasitologia no Programa Renascer: uma trajetória de orientação e prevenção de parasitoses em idosos

Valéria Magalhães Aguiar Coelho, Maria do Carmo Ferreira, Cláudia Soares Santos Lessa, Paula Pereira Pineli, Vitor Ribeiro Gomes de Almeida, Rafaela Calheiros Alves, Alessandra Fernandes Marques Braga, Virgínia Moreira Bruno

Resumo


A oportunidade do projeto com a prevenção de parasitoses junto a idosos surgiu como desafio para os idealizadores. Neste contexto, objetivou-se integrar a extensão universitária ao ensino de graduação, unindo a atuação científica à realização de um trabalho preventivo com base em atividades educativas desenvolvidas por meio de metodologias participativas. As etapas compreenderam entrevistas identificando as áreas de interesse, oficinas de orientação em saúde, exames de fezes, elaboração da cartilha do idoso, feira interdisciplinar de saúde do idoso e feira de prevenção das parasitoses.  Foram atendidos cerca de 200 idosos participantes do Grupo Renascer, sendo a maioria do sexo feminino, com idades entre 70-79 anos, viúvos, residentes no entorno do bairro da Tijuca.  As áreas de maior interesse foram: alimentos e parasitoses e parasitoses intestinais. Foram realizadas três oficinas: Orientação para coleta de fezes; Alimentos e Parasitoses e Vetores de Parasitoses: Moscas e Mosquitos. Os exames de fezes demonstraram positividade de 5,61% (primeira etapa) e 5,3% (segunda etapa). Na feira foram abordados: dengue, pediculose, escabiose, pulgas, higiene das mãos e verduras. A entrevista com os idosos demonstrou 57,42% de acertos quando realizada antes e 81,92% de acertos após a abordagem educativa. Os idosos puderam vivenciar novas perspectivas transformando valores.


Palavras-chave


Extensão; Qualidade de vida; Prevenção e saúde; Educação

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/interag.2009.1804

ISSN: 1519-8847 | E-ISSN: 2236-4447
Depext-SR3/UERJ