Contribuições da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul - Unidade de Dourados - no enfrentamento da violência contra crianças e adolescentes: a experiência do curso de Enfermagem

Simone de Deus Anzoategui, Ednéia Albino Nunes Cerchiari, Cássia Barbosa Reis

Resumo


A violência contra crianças e adolescentes é um acentuado problema de saúde pública, que requer ações dos profissionais dessa área. Tendo em vista essa necessidade, este trabalho tem o objetivo de, por meio da participação no Programa de Saúde do Município de Dourados-MS, efetivar atividades de prevenção de doenças e de promoção de saúde para crianças e adolescentes atendidas no Programa Sentinela; proporcionar ao acadêmico de enfermagem o desenvolvimento de competências e habilidades para atuação junto a essa população. Utilizou-se a modalidade de Grupo Operativo cuja técnica está centrada na tarefa e na escuta psicológica. Foram realizados 18 encontros com frequência média de 15 pessoas. Os participantes foram crianças e adolescentes de cinco a 11 anos e de 12 a 16 anos, respectivamente, do sexo feminino, frequentadoras da escola e, algumas, institucionalizadas no Abrigo Renascer. O Projeto envolveu quatro profissionais e uma acadêmica de Enfermagem. Os resultados apontam para a relevância dos temas abordados para essas crianças e adolescentes fragilizados pela situação de violência. Assim, o poder público, ao colocar a universidade no centro dos problemas sociais, contribui para a reflexão sobre violência com crianças e adolescentes e para o desafio de utilizar todo conhecimento cientifico para compreensão e combate desse grave problema social.


Palavras-chave


adolescente; abuso sexual; educação em saúde

Texto completo:

PDF


ISSN: 1519-8847 | E-ISSN: 2236-4447
Depext-SR3/UERJ