Oficinas para Gestantes nas Unidades Básicas de Saúde de Jataí (GO): Ações Integradoras de Saberes

Thaís Rocha Assis, Daisy de Araújo Vilela, Nina Franco Luz, Evellin Pereira Dourado, Jordana Guilherme Mendes, Klara Gomes Caitano

Resumo


O Ministério da Saúde do Brasil recomenda que sejam realizadas ações educativas durante toda a gestação e após o parto. Para um atendimento integral, a atenção à saúde da mulher nos períodos pré-natal e puerperal deve ser realizada de forma multidisciplinar e multiprofissional. Dentre os profissionais envolvidos, há o fisioterapeuta que promove assistência durante o ciclo gravídico-puerperal. Nesse contexto, idealizou-se um projeto de extensão universitária do curso de fisioterapia da Universidade Federal de Goiás - Regional Jataí para promover oficinas educacionais com as gestantes que realizam pré-natal nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) do município de Jataí-GO. O intuito das oficinas foi preparar fisicamente as mulheres para a gestação e o parto e realizar discussões sobre vários temas relacionados ao período gravídico-puerperal. O objetivo desse artigo é descrever a experiência da realização dessas oficinas. Observou-se uma rica troca de conhecimentos entre as gestantes, os estudantes envolvidos e a equipe de saúde. Acredita-se que houve contribuição para aumentar o protagonismo e empoderamento da mulher sobre seu período gravídico-puerperal uma vez que aconteceram trocas de conhecimentos e informações.  Além disso, as oficinas promoveram a interação entre as gestantes da comunidade e a instituição acadêmica e contribuíram para a integralidade na assistência à saúde da mulher no período gravídico-puerperal.


Palavras-chave


Cuidado Pré-Natal; Educação em Saúde; Atenção Primária à Saúde; Relações Comunidade-Instituição.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/interag.2016.15856

ISSN: 1519-8847 | E-ISSN: 2236-4447
Depext-SR3/UERJ