A importância política do Rio de Janeiro e de Buenos Aires a partir de 1808, no processo de independência do Brasil e da Argentina: questões gerais

Hilton Meliande de Oliveira

Resumo


O presente artigo é uma reflexão de parte da minha tese de doutorado e pretende abordar, de forma sucinta, a importância da província do Rio de Janeiro e do Cabildo de Buenos Aires para o processo de emancipação política do Brasil e Argentina, a partir do ano de 1808, fundamental para as transformações políticas na Iberoamérica. Nesse estudo, buscou-se traçar proximidades comparativas que destaquem como as referidas sociedades optaram e levaram a diferentes concepções políticas para seus processos de independência, monarquia e república, mas que ao fim, legitimaram a manutenção de suas respectivas elites sócio-políticas previamente existentes. O uso das fontes para o caso de Buenos Aires foi estabelecido a partir de trabalhos biográficos e manuais, sua discussão, interpretação e análise se segue a partir da reflexão e estudo sobre o tema em consonância a suas perspectivas iniciais.

Palavras-chave


Rio de Janeiro; Buenos Aires; 1808

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/intellectus.2020.52469

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Grupos de Pesquisa:

 
Financiamento:

Indexada em:

Open Academic Journals Index Dialnet
 
https://sumarios.org/revista/intell%C3%A8ctus
 

 https://scholar.google.com.br/citations?user=ruuQn9oAAAAJ&hl=pt-BR

 

Redes sociais:

https://www.instagram.com/intellectus.uerj/