Intelectuales y democracia Notas a propósito de los encuentros de Maryland

Martina Garategaray

Resumo


Entre 1984 e 1994, cinco reuniões de intelectuais latino-americanos convocadas por Saúl Sosnowski foram realizadas na Universidade de Maryland para discutir "Cultura e redemocratização no cone sul". Embora em cada reunião tenham sido discutidas questões específicas que formaram a cultura política da Argentina, Uruguai, Brasil, Chile e Paraguai, respectivamente, acreditamos que é possível conectar essas reuniões pela recorrência de tópicos ou tópicos, e também porque esses temas foram erigidos sobre uma linguagem política comum. Nesse sentido, este trabalho procura explorar essas reuniões como entradas para o debate político-intelectual do "retorno à democracia" e às coordenadas comuns que delimitaram as possibilidades e limitações das democracias nascentes.


Palavras-chave


Democracia, Intelectuais, Maryland

Texto completo:

Sem título


DOI: https://doi.org/10.12957/intellectus.2019.47129

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Grupos de Pesquisa:

 
Financiamento:

Indexada em:

Open Academic Journals Index Dialnet
 
https://sumarios.org/revista/intell%C3%A8ctus
 

 https://scholar.google.com.br/citations?user=ruuQn9oAAAAJ&hl=pt-BR

 

Redes sociais:

https://www.instagram.com/intellectus.uerj/