A insubmissão e a responsabilidade intelectual de Florestan Fernandes nos novos tempos

Arlene Laurenti Monterrosa Ayala

Resumo


Este texto busca fazer uma retomada de algumas questões teórico-metodológicas do pensamento do sociólogo Florestan Fernandes. Lança luz sobre o significado político, social e econômico da teoria de Florestan sobre o capitalismo dependente no Brasil. E analisa do ponto de vista de Florestan, uma das questões de fundo que permeia todo o conjunto de sua obra, e que diz respeito à problemática da oposição entre os grupos e classes sociais na sociedade brasileira. O autor refere que a luta de classe permanece diluída nas diferentes relações sociais, porém, ela é pré-condição para o desenvolvimento do capitalismo.

Palavras-chave


Classes sociais; desenvolvimento social; sociedade capitalista; luta de classe

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



Grupos de Pesquisa:

 
Financiamento:

Indexada em:

Open Academic Journals Index  
Dialnet
 
 
 
 
 
https://sumarios.org/revista/intell%C3%A8ctus
 

 https://scholar.google.com.br/citations?user=ruuQn9oAAAAJ&hl=pt-BR

 

Redes sociais:

https://www.instagram.com/intellectus.uerj/