A modernidade chega de trem: a inauguração da ferrovia em Campinas, São Paulo, em 1872

Guilherme Pozzer

Resumo


Este trabalho analisa o modo como a chegada da ferrovia em Campinas, São Paulo, representou os anseios e valores da modernidade do século XIX. Para isso, a pesquisa é inserida no debate em torno da questão da modernidade e do emprego desse conceito para compreensão do objeto de estudo. O levantamento da documentação sobre a abertura do tráfego ferroviário em Campinas no ano de 1872 busca entender a articulação desse sistema de transporte com o tecido urbano no seu aspecto social e cultural, bem como os anseios da cidade em relação a sua implantação e os múltiplos significados em torno daquele evento.


Palavras-chave


Ferrovias, narrativas da modernidade, Campinas (São Paulo, Brasil)

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Grupos de Pesquisa:

 
Financiamento:

Indexada em:

Open Academic Journals Index Dialnet
 
https://sumarios.org/revista/intell%C3%A8ctus
 

 https://scholar.google.com.br/citations?user=ruuQn9oAAAAJ&hl=pt-BR

 

Redes sociais:

https://www.instagram.com/intellectus.uerj/