Francisco Pompêo do Amaral: médico, jornalista, professor e escritor científico no campo da alimentação e da nutrição no Brasil

Maria Lucia Mendes de Carvalho

Resumo


O presente trabalho aborda a importância de Francisco Pompêo do Amaral (1907-1990), enquanto jornalista, escritor, nutrólogo e sociólogo no campo da alimentação e nutrição no Brasil. Em 1939, Pompêo do Amaral foi contratado como médico chefe da Superintendência do Ensino Profissional do Estado de São Paulo, criando o primeiro curso de formação de técnicos em alimentação no país. Este trabalho objetiva divulgar, por meio de suas obras publicadas em livros e artigos em revistas científicas, essa primazia, pois quase não existem registros sobre a origem desse curso, cuja aula inaugural foi em 17 de maio de 1939. Como intelectual, esse médico e professor foi um dos fundadores e colaborador da Revista Brasiliense, entre 1955 e 1965. Nesse período, a Livraria José Olympio Editora, conhecida por publicar grandes escritores e intelectuais brasileiros, publicou três obras premiadas em nível nacional de Pompêo do Amaral, relacionadas com a qualidade da alimentação da população brasileira.


Palavras-chave


Alimentação, Nutrição, Historiografia, Intelectuais

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



 

Grupos de Pesquisa:

 Financiamento:

Indexada em:


Open Academic Journals Index  
Dialnet
 
 
 
  
   
 
 
 
 
Intellèctus | Sumários.org (sumarios.org)
 

 ‪Intellèctus‬ - ‪Google Acadêmico‬

 

 

Crossref Metadata Search 

Redes sociais:

Revista Intellèctus UERJ (@intellectus.uerj) • Fotos e vídeos do Instagram

Revista Intellèctus | Facebook