Apontamentos acerca da recepção do darwinismo no Brasil e no México

Karoline Carula

Resumo


Na segunda metade do século XIX, o darwinismo passou a ser uma teoria bastante discutida, especialmente em espaços relacionados às ciências, em diversas partes do mundo, com destaque aqui às Américas. Neste sentido, o objetivo do presente artigo é realizar uma reflexão sobre como os pressupostos de Charles Darwin foram apropriados e ressignificados por oradores que se apresentaram em espaços públicos de vulgarização científica no Rio de Janeiro, confrontando com o ocorrido no México. Desta forma, pretende-se observar a existência de divergências e/ou concordâncias concernentes à recepção dessa teoria nos dois países. Busca-se evidenciar como os processos de penetração, apreensão e ressignificação das ideias darwinistas tiveram, ou não, pontos convergentes.

Palavras-chave


Recepção do Darwinismo, Brasil, México.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



 

Grupos de Pesquisa:

 Financiamento:

Indexada em:


Open Academic Journals Index  
Dialnet
 
 
 
  
   
 
 
 
 
Intellèctus | Sumários.org (sumarios.org)
 

 ‪Intellèctus‬ - ‪Google Acadêmico‬

 

BASE (Bielefeld Academic Search Engine): Lista de Visitas (base-search.net)

 Intellèctus - Dialnet (unirioja.es)

 

Crossref Metadata Search 

Redes sociais:

Revista Intellèctus UERJ (@intellectus.uerj) • Fotos e vídeos do Instagram

Revista Intellèctus | Facebook