O MUNICÍPIO E OS DESAFIOS DA POLÍTICA URBANA EM AGLOMERADOS URBANOS: A EXPERIÊNCIA DA METRÓPOLE FLUMINENSE

Angela Moulin S. Penalva Santos, Ana Paula Vasconcellos da Silva, Carmem Silvia Mattos, Mateus Fernandes Vilela Lima, Elisa Nacur, Luiza Deschamps, Luma Amaral, Vivian Brás

Resumo


A institucionalização de regiões metropolitanas no Brasil vem se desenvolvendo desde o século XX sob a lógica hora do centralismo autoritário dos governos militares, hora do fortalecimento dos governos locais designado pela Constituição de 1988. O processo é complexo e a formação das principais regiões metropolitanas da região sudeste ainda está longe de se concluir. Mesmo o Estatuto da Metrópole, nascido em 2015, não foi capaz de dirimir todos os conflitos atinentes à construção da política urbana em aglomerados urbanos. No Rio de Janeiro em especial, a construção da região metropolitana envolvendo a antiga capital federal demonstra como o tema ainda desafia governos estaduais e municipais. Neste artigo, foi realizada uma breve retrospectiva histórica da construção da região metropolitana fluminense, além da análise dos impasses jurídicos decorrentes da sua concepção e um debate acerca da trajetória da reformulação por qual passou recentemente a Região Metropolitana do Rio de Janeiro.

Palavras-chave


Região Metropolitana. Política urbana. Município. Estado

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.12957/geouerj.2020.47268



Direitos autorais 2020 Angela Moulin S. Penalva Santos, Ana Paula Vasconcellos da Silva, Carmem Silvia Mattos, Mateus Fernandes Vilela Lima, Elisa Nacur, Luiza Deschamps, Luma Amaral, Vivian Brás

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

ISSN: 1415-7543 | E-ISSN: 1981-9021 | JournalDOI: https://doi.org/10.12957/geouerj

Licença Creative Commons