Cantinas escolares saudáveis no Rio Grande do Sul, Brasil: diagnóstico e adequação à legislação

Mariana Balestrin, Carla Cristina Bauermann Brasil, Vanessa Ramos Kirsten, Mario Bernardes Wagner

Resumo


Introdução: As cantinas escolares estão sendo associadas a uma maior probabilidade de consumir alimentos industrializados/ultraprocessados pelos escolares. Objetivo: Analisar o perfil, o risco sanitário e a adequação a legislação de Cantinas Saudáveis do Rio Grande do Sul. Métodos: Trata-se de um estudo transversal realizado em cantinas de escolas da rede pública e privada. A caracterização da escola e o perfil de funcionamento das cantinas escolares foram avaliados através de um questionário aplicado com os responsáveis pela cantina escolar e diretores das escolas. Para a avaliação do risco sanitário, foi aplicado um check-list da Portaria n. 817, de maio de 2013, composta por 51 itens, distribuídos em nove categorias. Para a avaliação quanto à Lei 15.216, de junho de 2018, elaborou-se um check list com base nos oito artigos orientativos da lei. Resultados: Das 337 escolas avaliadas por elegibilidade, apenas 27 (8,0%) informaram a presença de cantina escolar. Destas, 63,0% pertenciam a instituições públicas, 70,4% distribuíam alimentação escolar e possuíam sistema terceirizado e apenas 7,4% possuíam nutricionistas nas cantinas. Quanto à adequação a Lei 15.216, de 30 de julho de 2018, Rio Grande do Sul, observou-se alto percentual de não conformidades, com baixa oferta de alimentos in natura e alta oferta de alimentos ultraprocessados, além do baixo percentual de colaboradores capacitados em boas práticas de manipulação. Quanto ao risco sanitário, 92,6% das cantinas não possuíam requisitos mínimos para o funcionamento. Conclusão: A expressiva maioria das cantinas avaliadas apresenta alta inadequação dos alimentos comercializados e risco sanitário insatisfatório.


Palavras-chave


Alimentação Escolar. Lanches. Legislação sobre Alimentos. Higiene dos alimentos. Serviços de Saúde Escolar.

Texto completo:

PDF PDF (English)

Referências


Singh A, Bassi S, Nazar GP, Saluja K, Park M, Kinra S, et al. Impact of school policies on non-communicable disease risk factors - a systematic review. BMC Public Health [Internet]. 2017 Apr 4;17(1):292. Available from: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/28376833

Foster GD, Sherman S, Borradaile KE, Grundy KM, Vander Veur SS, Nachmani J, et al. A policy-based school intervention to prevent overweight and obesity. Pediatrics. 2008 Apr;121(4):e794-802.

Gabriel CG, Vasconcelos FDAG, Andrade DF, Schmitz BAS. First Law regulating school canteens in Brazil: Evaluation after seven years of implementation. Arch Latinoam Nutr [Internet]. 2009 [cited 2020 May 8];59(2):128–38. Available from: http://ve.scielo.org/scielo.php?pid=S0004-06222009000200003&script=sci_abstract&tlng=en

Bell AC, Swinburn BA. What are the key food groups to target for preventing obesity and improving nutrition in schools? Eur J Clin Nutr. 2004;58(2):258–63.

Filho JDL, Mendes LL. Comercialização de lanches e bebidas em escolas públicas: análise de uma regulamentação estadual. Demetraalimentação, Nutr saúde [Internet]. 2016 [cited 2020 May 8];4. Available from: https://www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/demetra/article/view/19641/19083

Wognski ACP, Ponchek VL, Dibas EES, Orso MR, Vieira LP, Ferreira BGCS, et al. Comercialização de alimentos em cantinas no âmbito escolar. Brazilian J Food Technol [Internet]. 2019 [cited 2020 Aug 8];22. Available from: https://doi.org/10.1590/1981-6723.19818

Brasil. Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar 2015. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE. Rio de Janeiro: Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE; 2016. 132 p.

Noll PR e. S, Noll M, de Abreu LC, Baracat EC, Silveira EA, Sorpreso ICE. Ultra-processed food consumption by Brazilian adolescents in cafeterias and school meals. Sci Rep [Internet]. 2019;9(1):7162. Available from: https://doi.org/10.1038/s41598-019-43611-x

Rio Grande do Sul. Decreto no 54.994, de 17 de janeiro de 2020 [Internet]. Porto Alegre: Governador do Estado; 2020. Available from: http://www.al.rs.gov.br/filerepository/repLegis/arquivos/DEC 54.994.pdf

Paraná. Lei n° 14.855, de 19 de outubro de 2005 [Internet]. Curitiba: Governador do Estado; 2005. Available from: https://www.legislacao.pr.gov.br/legislacao/pesquisarAto.do?action=exibir&codAto=6351&indice=1&totalRegistros=1&dt=23.4.2020.10.16.41.831

Rio de Janeiro. Lei n°4.508, de 11 de janeiro de 2005 [Internet]. Rio de Janeiro: Governador do Estado; 2005. Available from: https://gov-rj.jusbrasil.com.br/legislacao/88467/lei-4508-05

Santa Catarina. Lei no 12.061, de 18 de dezembro de 2001 [Internet]. Florianópolis: Governador do Estado; 2001. Available from: http://leis.alesc.sc.gov.br/html/2001/12061_2001_Lei.html

São Paulo. Portaria Conjunta COGSP/CEI/DSE, de 23 de março de 2005 [Internet]. São Paulo; 2005. Available from: http://siau.edunet.sp.gov.br/ItemLise/arquivos/notas/portconj_cogsp_cei_dse(doe230305).htm

Ferro ÉLBS, Mendes MGM, Alves K de O, Pereira CHC, Silva SC, Manochio-Pina MG. Cantina escolar e sua influência no estado nutricional. Brazilian J Dev. 2019;5(2525–8761).

Machado CO, Höfelmann DA. Cantinas de escolas estaduais de Curitiba/PR, Brasil: adequação à lei de regulamentação de oferta de alimentos. Cien Saude Colet. 2019;24:3805–14.

Nathan N, Yoong SL, Sutherland R, Reilly K, Delaney T, Janssen L, et al. Effectiveness of a multicomponent intervention to enhance implementation of a healthy canteen policy in Australian primary schools: a randomised controlled trial. Int J Behav Nutr Phys Act [Internet]. 2016 Dec 7 [cited 2018 Jul 17];13(1):106. Available from: http://ijbnpa.biomedcentral.com/articles/10.1186/s12966-016-0431-5

Reilly K, Nathan N, Wiggers J, Yoong SL, Wolfenden L. Scale up of a multi-strategic intervention to increase implementation of a school healthy canteen policy: findings of an intervention trial. BMC Public Health [Internet]. 2018 Jul [cited 2020 Aug 5];18(1):860. Available from: 10.1186/s12889-018-5786-x

Giacomelli S de C, Londero A de M, Benedetti FJ, Saccol AL de F. Comércio informal e formal de alimentos no âmbito escolar de um município da região central do Rio Grande do Sul. Brazilian J Food Technol [Internet]. 2017 Aug 17 [cited 2018 Jul 17];20(0). Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-67232017000100449&lng=pt&tlng=pt

de Freitas Saccol AL, Serafim AL, Hecktheuer LH, Medeiros LB, Silva EADJ. Food Safety in Feeding Services: A Requirement in Brazil. Crit Rev Food Sci Nutr. 2016 Jun;56(8):1363–9.

Rio Grande do Sul. Lei no 13.027, de 16 de agosto de 2008 [Internet]. Porto Alegre: Governador do Estado; 2008. Available from: https://leisestaduais.com.br/rs/lei-ordinaria-n-13027-2008-rio-grande-do-sul-dispoe-sobre-a-comercializacao-de-lanches-e-de-bebidas-em-escolas-no-ambito-do-estado-do-rio-grande-do-sul-e-da-outras-providencias

Rio Grande do Sul. Lei no 15.216, de 30 de julho de 2018 [Internet]. Porto Alegre: Governador do Estado; 2018. Available from: https://leisestaduais.com.br/rs/lei-ordinaria-n-15216-2018-rio-grande-do-sul-dispoe-sobre-a-promocao-da-alimentacao-saudavel-e-proibe-a-comercializacao-de-produtos-que-colaborem-para-a-obesidade-diabetes-hipertensao-em-cantinas-e-similares-instalados-em-e

Deckert CT. Configuração do poder no Codeter: uma análise do Território da Cidadania Noroeste Colonial-RS. Redes - St Cruz do Sul Univ St Cruz do Sul [Internet]. 2017 [cited 2020 Jan 7];22. Available from: https://online.unisc.br/seer/index.php/redes/article/view/5259

Deckert CT, Allebrandt SL. A efetividade da cidadania no programa Territórios da Cidadania: um estudo de caso do noroeste colonial do Rio Grande do Sul. Amaz Organ e Sustentabilidade [Internet]. 2013 [cited 2020 Oct 5];2(2238–8893). Available from: http://dx.doi.org/10.17800/2238-8893/aos.v2n2p139-152

Deckert CT, Allebrandt SL, Sausen JO. A Gestão Social no Território da Cidadania Noroeste Colonial do Rio Grande do Sul [Internet]. Vol. 21, Desenvolvimento em Questão. [Ijuí]: Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional; 2012 [cited 2020 Jul 8]. Available from: http://bibliodigital.unijui.edu.br:8080/xmlui/handle/123456789/1906

Secretaria da Educação do Estado do Rio Grande do Sul. Busca de escolas. 2019.

Porto EBS. Perfil das cantinas escolares do Distrito Federal [Internet]. [Brasília]: Universidade de Brasília; 2011 [cited 2020 Aug 5]. Available from: https://repositorio.unb.br/handle/10482/10036

ANVISA. Categorização dos serviços de alimentação: elaboração e avalição da lista de avaliação. [Internet]. Brasília: Agência Nacional de Vigilância Sanitária; 2013. Available from: http://www.saude.pi.gov.br/uploads/divisa_document/file/166/Resumo_executivo_final.pdf

Cunha DT da, Rosso VV de, Stedefeldt E. Food safety performance and risk of food services from different natures and the role of nutritionist as food safety leader. Cien Saude Colet. 2018;23:4033–42.

Cunha DT, Saccol AL de F, Tondo EC, de Oliveira ABA, Ginani VC, Araújo CV, et al. Inspection Score and Grading System for Food Services in Brazil: The Results of a Food Safety Strategy to Reduce the Risk of Foodborne Diseases during the 2014 FIFA World Cup [Internet]. Vol. 7, Frontiers in Microbiology. 2016. p. 614. Available from: https://www.frontiersin.org/article/10.3389/fmicb.2016.00614

Ministério da Saúde. Portaria N. 817, de 10 de Maio de 2013: Aprova as Diretrizes Nacionais Para a Elaboração e Execução Do Projeto-Piloto de Categorização Dos Serviços de Alimentação Para a Copa Do Mundo FIFA 2014 [Internet]. Brasil; 2013. Available from: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2013/prt0817_10_05_2013.html

Verdum DCP, Selva JP da, Copatti F, Batista M, Pereira LS, Kirsten VR, et al. Condições higiênico-sanitárias das cantinas escolares da rede estadual de ensino no município de Palmeira das Missões, Rio Grande do Sul. Vigilância Sanitária em Debate [Internet]. 2017 [cited 2020 Dec 1];5. Available from: https://doi.org/10.22239/2317-269x.00960

ANVISA. Resolução da Diretoria Colegiada-RDC No 10, de 11 de Março de 2014: Dispõe sobre os critérios para a categorização dos serviços de alimentação. Diário Oficial da União, Brasília: Agência Nacional de Vigilância Sanitária; 2014.

Brasil. Regulamentação da Comercialização de Alimentos em Escolas no Brasil : Experiências estaduais e municipais. Brasília: Ministério da Saúde; 2007.

Reilly K, Nathan N, Grady A, Wu JHY, Wiggers J, Yoong SL, et al. Barriers to implementation of a healthy canteen policy: A survey using the theoretical domains framework. Heal Promot J Aust Off J Aust Assoc Heal Promot Prof. 2019 Dec;30 Suppl 1:9–14.

Silva-Sanigorski A, Breheny T, Jones L, Lacy K, Kremer P, Carpenter L, et al. Government food service policies and guidelines do not create healthy school canteens. Aust N Z J Public Health. 2011 Apr;35(2):117–21.

NEW ZEALAND. Food and nutrition for healthy, confident kids [Internet]. New Zealand; 2020 [cited 2020 May 10]. Available from: https://health.tki.org.nz/Key-collections/Healthy-lifestyles/Food-and-nutrition-for-healthy-confident-kids

Porto E, Schmitz BA, Recine E, Rodrigues M de L. Condições higiênico-sanitárias das cantinas de escolas públicas e privadas do Distrito Federal – Brasil e seus fatores associados. Vigilância Sanitária Em Debate Soc Ciência Tecnol. 2015;3(4).

Amorim NF de A, De Abreu Soares Schmitz B, De Lourdes Carlos Ferreirinha Rodrigues M, Lole Recine EG, Gabriel CG. Implantação da cantina escolar saudável em escolas do Distrito Federal, Brasil. Rev Nutr [Internet]. 2012 [cited 2020 Nov 2];25(2):203–17. Available from: https://doi.org/10.1590/S1415-52732012000200003

Willhelm FF, Ruiz E, Oliveira AB. Cantina Escolar: Qualidade Nutricional e Adequação à Legislação Vigente. Rev HCPA. 2010;3.

Ruwer CM, Mainbourg EMT. Promoção da alimentação saudável em escolas particulares. Visa em Debate [Internet]. 2015; Available from: https://visaemdebate.incqs.fiocruz.br/index.php/visaemdebate/article/view/232/179

Gabriel CG, Santos MV dos, Vasconcelos F de AG de, Milanez GHG, Hulse SB. Cantinas escolares de Florianópolis: existência e produtos comercializados após a instituição da Lei de Regulamentação. Rev Nutr [Internet]. 2010 Apr [cited 2018 Jul 17];23(2):191–9. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-52732010000200002&lng=pt&tlng=pt

Gaetani R dos S, Ribeiro LC. Products sold in school canteens of the municipality of Ribeirão. Rev Bras Promoç saúde [Internet]. 2015;28(4):587–95. Available from: http://periodicos.unifor.br/RBPS/article/view/4005/pdf

Ochsenhofer K, Quintella LCM, Silva EC da, Nascimento APB do, Ruga GMN de A, Philippi ST, et al. O papel da escola na formação da escolha alimentar: merenda escolar ou cantina? Nutr Rev Soc Bras Aliment Nutr [Internet]. 2006; Available from: https://pesquisa.bvsalud.org/portal/resource/pt/lil-455673

Azeredo CM, Leite MA, Rauber F, Ricardo CZ, Levy RB. Are laws restricting soft drinks sales in Brazilian schools able to lower their availability? Rev Saude Publica [Internet]. 2020 [cited 2020 Oct 20];54. Available from: https://doi.org/10.11606/s1518-8787.2020054001227

Carmo AS do, Assis MM de, Cunha C de F, Oliveira TRPR de, Mendes LL. The food environment of Brazilian public and private schools. Cad Saude Publica [Internet]. 2018 [cited 2020 Jan 6];34. Available from: https://doi.org/10.1590/0102-311x00014918

Wognski ACP, Choma C, Gava GR, Ferreira BGCS, Vieira LP, Oliveira EC de, et al. Good hygiene practices in school canteens: evaluation between types of schools and administration as well as presence of technical professional . Vol. 24, Brazilian Journal of Food Technology . scielo ; 2021.

Porto E. Perfil das cantinas escolares do Distrito Federal [Internet]. [Brasília]: Universidade de Brasília; 2011 [cited 2020 Aug 9]. Available from: https://repositorio.unb.br/handle/10482/10036

Uggioni PL, Salay E. Consumer knowledge concerning safe handling practices to prevent microbiological contamination in commercial restaurants and socio-demographic characteristics, Campinas/SP/Brazil. Food Control [Internet]. 2012;26(2):331–6. Available from: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0956713512000667

Bas M, Ersun AS, Kıvanc G ̈khan. Implementation of HACCP and prerequisite programs in food businesses in Turkey. Food Control. 2006;17:118–26.

Aliança pela Alimentação Adequada e Saudável. Alimentação Adequada e Saudável para Todos: Por políticas de alimentação adequada e saudável [Internet]. 2018 [cited 2021 Jul 27]. Available from: https://alimentacaosaudavel.org.br/wp-content/uploads/2018/09/Carta_Aliança_3008.pdf

Horta RL, Andersen CS, Pinto RO, Horta BL, Oliveira-Campos M, Andreazzi MAR de, et al. Health promotion in school environment in Brazil. Rev Saude Publica [Internet]. 2017 [cited 2020 Jul 4];51. Available from: https://doi.org/10.1590/s1518-8787.2017051006709

Arcan C, Kubik MY, Fulkerson JA, Davey C, Story M. Association between food opportunities during the school day and selected dietary behaviors of alternative high school students, Minneapolis/Saint Paul, Minnesota, 2006. Prev Chronic Dis [Internet]. 2011 Jan [cited 2020 Nov 2];8(1):A08. Available from: http://www.cdc.gov/pcd/issues/2011/jan/09_0214.htm

Gabriel CG, Dalsasso G, Ostermann RM, Corso ACT, Assis MAA de, Di Pietro PF, et al. Regulamentação da comercialização de alimentos no ambiente escolar: análise dos dispositivos legais brasileiros que buscam a alimentação saudável. Rev Inst Adolfo Lutz [Internet]. 2012 [cited 2020 May 8];71. Available from: http://periodicos.ses.sp.bvs.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0073-98552012000100002&lng=pt&nrm=iso




DOI: https://doi.org/10.12957/demetra.2022.63179

e-ISSN: 2238-913X


Esta revista está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.