O CASO MULHER HULK: CORPO E IDENTIDADE EM QUADRINHOS

Eduardo Oliveira Ribeiro de Souza, Deise Miranda Vianna

Resumo


Neste trabalho discute-se sobre a diferença entre o corpo da Mulher Hulk e do Hulk a partir da origem dos dois personagens, procurando encontrar fatores que justifiquem as diferenças entre eles. Além disso, o artigo apresenta o contexto e as possíveis influências da sociedade na concepção destes personagens. Com base em alguns textos sobre corpo, gênero e saúde, buscam-se as relações entre Hulk e sua versão feminina, numa perspectiva feminista. Discute-se, ainda, como a busca do corpo ideal através do uso de anabolizantes e suplementos alimentares pode ser relacionada com a Mulher Hulk. Procura-se iniciar uma reflexão sobre os elementos que caracterizam a versão feminina do Gigante Esmeralda, bem como levar novas questões para futuras discussões e trabalhos.

DOI: 10.12957/demetra.2016.22512

 

 


Palavras-chave


ensino de ciências

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: https://doi.org/10.12957/demetra.2016.22512

e-ISSN: 2238-913X


Esta revista está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.