CINEMA E ALIMENTAÇÃO: à cozinha no filme Chocolate, de Lasse Hallström.

Poliana Araújo de Brito, Diego Felipe Araújo da Silva, Michelle Cristine Medeiros da Silva, Eneída Laís de Oliveira Sousa, Herbenny Hellen Medeiros de Brito, Patrícia Carla Santos de Morais, Adriana Maria da Silva, Andressa Soares de Araújo Batista

Resumo


A arte cinematográfica tem o poder de falar sobre o comportamento sociocultural das pessoas, determinado pelos valores e princípios estabelecidos por uma civilização. Diante da capacidade que o cinema tem de refletir sobre a cultura, este artigo objetivou discutir os aspectos da cozinha do filme Chocolate, de Lasse Hallström, enfatizando a noção de cozinha como um sistema cultural alimentar, tendo em foco principalmente as significações atribuídas ao chocolate e a cozinheira pelos personagens do filme. Utilizaram-se metodologias de Análise de Imagem em Movimento, a partir das quais foram selecionadas e discutidas algumas cenas. Foram elencadas as quatro seguintes categorias: herança cultural, religião, comensalidade e prazer. Com a análise do filme, percebeu-se que a cozinha, para além de um espaço físico, constituiu um sistema onde o ingrediente chocolate e a cozinheira atuaram de maneira efetiva ressignificando hábitos preestabelecidos na sociedade retratada.

DOI: http://dx.doi.org/10.12957/demetra.2015.14135

 

 


Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: https://doi.org/10.12957/demetra.2015.14135

e-ISSN: 2238-913X


Esta revista está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.