OS DESAFIOS DO ACORDO DE PARCERIA ENTRE UNIÃO EUROPEIA E CABO VERDE NO DOMÍNIO DE PESCA SUSTENTÁVEL

Autores

  • Emanuel de Jesus Correia Semedo IESP/UERJ

Palavras-chave:

Cabo Verde, União Europeia, Acordo de parceria, Pesca sustentável

Resumo

Com a intensificação das mudanças climáticas e o aumento do nível de exposição de Cabo Verde aos seus eventos extremos, a questão da sustentabilidade passou a permear o discurso de cooperação entre UE e Cabo Verde. Com base na revisão bibliográfica e na pesquisa documental, este artigo analisa os fundamentos, avanços e desafios do Acordo de Parceria entre União Europeia e Cabo Verde no domínio de Pesca Sustentável, à luz do objetivo 14 da Agenda 2030, que versa sobre a conservação e uso sustentável dos oceanos, dos mares e dos recursos marinhos. Constata-se que a quase três décadas do estabelecimento do primeiro acordo de pesca entre UE e Cabo Verde, houve avanços significativos nos termos do acordo. No entanto, a implementação das ações negociadas ainda enfrentam diversas limitações, gerando incertezas sobre a sustentabilidade do setor da pesca em Cabo Verde.

Biografia do Autor

Emanuel de Jesus Correia Semedo, IESP/UERJ

Doutorando em Ciência Política no Instituto de Estudos Sociais e Políticos da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (IESP-UERJ) com bolsa da Faperj, pesquisador do Laboratório de Análise Política Mundial (LABMUNDO) e do Observatório Interdisciplinar das Mudanças Climáticas (OIMC).

Downloads

Publicado

05/10/2024

Edição

Seção

VIII Seminário Discente IESP/UERJ