EDUCAÇÃO ALIMENTAR E NUTRICIONAL: A DEFESA DE UMA PERSPECTIVA CONTRA HEGEMÔNICA E HISTÓRICO-CRÍTICA PARA EDUCAÇÃO

Susana Moreira Padrão, Odaleia Barbosa Aguiar, Gilcilene de Oliveira Damasceno Barão

Resumo


Este ensaio se propõe a problematizar as estratégias da educação alimentar e nutricional, no âmbito dos programas de alimentação e nutrição, que, de maneira geral, têm apresentado pouca efetividade frente aos desafios do cenário atual, considerando o aumento contínuo do excesso de peso e da obesidade na população brasileira. Os programas nessa área, em geral, visam à disseminação de orientações e recomendações para o consumo de uma alimentação tida como adequada e saudável com vistas à promoção da saúde, tendo como modelo hegemônico a abordagem biomédica. Procurar-se-á apontar fundamentos teóricos e metodológicos da educação que tenham uma perspectiva histórico-crítica, voltada para a reflexão dos sujeitos sobre si e sobre as questões que influenciam suas práticas e hábitos alimentares, que buscam superar a perspectiva biologicista. O debate fundamenta-se na premissa de que o ato de se alimentar envolve dimensões socioculturais, ambientais, econômicas e afetivas que não devem ser ignoradas ou secundarizadas, pois são determinantes na formação de hábitos e escolhas alimentares, ou, por contradição, na falta de opções nessas escolhas. Compreende-se que esses hábitos são forjados, em grande medida, pelas condições de vida e de trabalho dos sujeitos, com forte implicação na organização de seu cotidiano, em função das limitações que essas condições produzem. Portanto, intervir nessas escolhas exige cuidado, pois se lida com dimensões objetivas e subjetivas, em particular, aspectos culturais e sociais, além de exigir uma prática educativa fundamentada de forma crítica e com consistência teórica que possa contribuir com os propósitos estabelecidos nas intervenções da Educação Alimentar e Nutricional.

DOI: 10.12957/demetra.2017.28642

 


Palavras-chave


Educação. Educação em Saúde. Políticas Públicas. Hábitos Alimentares. Obesidade.

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: https://doi.org/10.12957/demetra.2017.28642

.......................................................

 

FONTES DE INDEXAÇÃO

 

Journals for Free | Free Medical JournalsIBICT SEER | LATINDEX | DOAJROADDRJI | OAJI | OJS | DIADORIM | PERIÓDICA | EBSCO | GALE | PERIÓDICOS CAPESGOOGLE SCHOLAR | REDIB

 

e-ISSN: 2238-913X