PODER DE MATAR: UM ENSAIO SOBRE VIOLÊNCIA POLÍTICA

Autores

  • André Rodrigues Universidade Federal Fluminense (UFF)/Professor de Pensamento Político do DGP/IEAR
  • Andrés del Río Universidade Federal Fluminense (UFF)/Professor de Pensamento Político do DGP/IEAR
  • Daniel Octaviano Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)/Mestrando em Políticas Públicas e Direitos Humanos pelo NEPP-DH
  • Leandro Marinho Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ)/Doutorando em Ciências Sociais pelo PPCIS

DOI:

https://doi.org/10.12957/synthesis.2021.65836

Palavras-chave:

Violência política, Homicídios, Poder de matar

Resumo

 Este artigo analisa a violência – principalmente, o poder de matar – como um instrumento recorrente da política na América Latina. Para tanto, apresentamos um panorama da violência política na região e, em seguida, realizamos um estudo de caso sobre assassinatos de atores políticos na Baixada Fluminense, região do Rio de Janeiro que concentra altos índices de letalidade violenta. Estes procedimentos dão subsídio para a constatação de que as mortes violentas de atores políticos são um sintoma da reprodução de padrões autoritários de poder. Ao analisarmos levantamentos de casos de violência contra ativistas, políticos e defensores de direitos humanos em países latino-americanos, encontramos grande recorrência deste fenômeno. No estudo sobre a Baixada Fluminense, observamos que a violência política possui um papel estrutural no moro de atuação das elites políticas da região.

 


 

Biografia do Autor

André Rodrigues, Universidade Federal Fluminense (UFF)/Professor de Pensamento Político do DGP/IEAR

Doutor em Ciência Política pelo IESP/UERJ, professor de Pensamento Político do DGP/IEAR/UFF, coordenador do Laboratório de Estudos Sobre Política e Violência – LEPOV.

Andrés del Río, Universidade Federal Fluminense (UFF)/Professor de Pensamento Político do DGP/IEAR

Doutor em Ciência Política pelo IESP/UERJ, F, professor de Pensamento Político do DGP/IEAR/UFF, coordenador do Núcleo de Estudos sobre o Estado Instituições e Políticas Públicas – NEEIPP.

Daniel Octaviano, Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)/Mestrando em Políticas Públicas e Direitos Humanos pelo NEPP-DH

Mestrando em Políticas Públicas e Direitos Humanos pelo NEPP-DH/UFRJ e pesquisador do Laboratório de Estudos Sobre Política e Violência – LEPOV e do Observatório de Favelas.

Leandro Marinho, Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ)/Doutorando em Ciências Sociais pelo PPCIS

Doutorando em Ciências Sociais pelo PPCIS/UERJ e pesquisador do Observatório de Favelas e do Laboratório de Análises da Violência da UERJ – LAV/UERJ.

Downloads

Publicado

2022-03-09

Como Citar

RODRIGUES, André; DEL RÍO, Andrés; OCTAVIANO, Daniel; MARINHO, Leandro. PODER DE MATAR: UM ENSAIO SOBRE VIOLÊNCIA POLÍTICA. (SYN)THESIS, Rio de Janeiro, v. 14, n. 3, p. 84–98, 2022. DOI: 10.12957/synthesis.2021.65836. Disponível em: https://www.e-publicacoes.uerj.br/synthesis/article/view/65836. Acesso em: 17 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos