Ensino de História na educação básica: a experiência histórica romana, e o tempo presente, na sala de aula

Naicon de Souza Brinco

Resumo


O presente artigo investiga a hipótese de que o ensino de História pode ocorrer a partir da historicização do tempo presente e mobilização de conceitos históricos na incorporação da experiência histórica ao espaço de experiência dos estudantes. Operamos com prática metodológica mediada pela narrativa – fundamentada na ação dos personagens –, e pela mobilização de conceitos históricos – na percepção crítica do mundo. Tais reflexões são resultado da pesquisa de mestrado que realizamos no âmbito do ProfHistória/UERJ no ano de 2020 em duas classes do sexto ano da educação básica. Os resultados apresentam o protagonismo dos discentes ao mobilizarem o conhecimento histórico e habilidades históricas na elaboração cooperativa de cinco narrativas audiovisuais, no game Gacha Life.


Palavras-chave


Ensino de História; Aprendizagem em História; Narrativa; Roma.

Texto completo:

PDF

Referências


ALBUQUERQUE JR., Durval Muniz. Regimes de Historicidade: como se alimentar de narrativas temporais através do Ensino de História. In: GABRIEL, Carmem T.; MONTEIRO, Ana M.; MARTINS, Marcus L. B. (Org.). Narrativas do Rio de Janeiro nas Aulas de História. Rio de Janeiro: Mauad X, 2016.

ALCÂNTARA. Fernanda. Sob ameaça de despejo, famílias assentadas em Macaé (RJ) resistem e inauguram casa de farinha. Coletivo de Comunicação do MST RJ, 20 set. 2019. Disponível em: . Acesso em: 08 mar. 2020.

ALFÖLDY, Géza. A Crise da República e a Sociedade Romana. Os conflitos na sociedade romana nos últimos tempos da república. In: A História Social de Roma. Lisboa: Presença, 1989.

BENITES, Marcello Riella. Sem-terra pedem para ficar provisoriamente em terra ocupada. Câmara Municipal de Macaé, Macaé, 26 jun. 2018. Disponível em: . Acessado em: 28 mar. 2020.

BENJAMIN, Walter. O Narrador. In: _____ Magia e Técnica, Arte e Política - ensaios sobre literatura e história da cultura. São Paulo: Brasiliense, 2012. Edição Kindle.

______. Experiência e Pobreza (1933). In: _____ Magia e Técnica, Arte e Política - ensaios sobre literatura e história da cultura. São Paulo: Brasiliense, 2012. Edição Kindle.

BITTENCOURT, Circe Maria Fernandes. Identidades e ensino da história no Brasil. In: CARRETEIRO, Mario et al. (Org.) Ensino da história e memória coletiva. Porto Alegre: Artmed, 2007.

BOCAYUVA, I. Parmênides e Heráclito: diferença e sintonia. Kriterion: Revista de Filosofia, v. 51, n. 122, p. 399–412, dez. 2010.

BRASIL. Área territorial brasileira. Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: IBGE, 2020a.

BRASIL. Cadastro Central de Empresas 2018. Rio de Janeiro: IBGE, 2020b.

BRASIL. Censo Agropecuário 2017 - Resultados definitivos. Rio de Janeiro: IBGE, 2019a.

BRASIL. Instituto Nacional De Estudos E Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Censo da Educação Básica: Sinopse Estatística da Educação Básica 2018. Brasília: INEP, 2019b. Disponível em: . Acessado em: 23 mar. 2020.

BRASIL. Censo Demográfico 2010. Rio de Janeiro: IBGE, 2010a.

BRASIL. Decreto, de 1 de setembro de 2010. Declara de interesse social, para fins de reforma agrária, o imóvel rural denominado "Fazenda Bom Jardim", situado no Município de Macaé, Estado do Rio de Janeiro, e dá outras providências. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Poder Executivo, Brasília, DF, 2 set. 2010b. Seção 1, p. 41.

BRASIL. Ministério Público Federal. Turminha do MPF. Brasília, DF. Disponível em: ˂http://www.turminha.mpf.mp.br/proteja-a-natureza/terra/turminha-aprende-sobre-reforma-agraria-e-assentamento˃. Acessado em: 07 fev. 2019.

BRINCO, Naicon de Souza; CABRAL, Maria Aparecida da Silva. Ensino de História, aprendizagem significativa e a atuação do professor: desafios do tempo presente. Revista História Hoje, v. 9, n. 18, p. 55–76, 23 dez. 2020.

CANDAU, Vera. Memória (s), Diálogos e Buscas: Aprendendo e Ensinando Didática. In: ______, Vera (Org.). Didática Questões Contemporâneas. Rio de Janeiro: Forma e Ação, 2009.

CASTRO, Flora. No RJ, MST faz acordo com Prefeitura para construção de escola agroecológica em Macaé. Brasil de Fato, Rio de Janeiro, 18 mar. 2019. Disponível em: . Acessado em: 23 mar. 2020.

CUESTA, Virginia. Enseñanza de la História y enfoque narrativo. Revista História Hoje, v. 4, n. 8, p. 152-173. 2015.

FERNANDES, Adriana Hoffmann. Narrativa de crianças na sociedade da imagem. Curitiba: Appris, 2019.

FERREIRA, Rodrigo de Almeida. Qual a relação entre a história púbica e o ensino de História? In: MAUAD, Ana Maria; SANTHIAGO Ricardo; BORGES, Viviane Trindade (Org.). Que história pública queremos? São Paulo: Letra e Voz, 2018.

FIOCRUZ E FASE. RJ – A Luta de trabalhadores Rurais Sem Terra pelo assentamento Osvaldo de Oliveira. Mapa de conflitos envolvendo injustiça ambiental e saúde no Brasil. Disponível em: . Acessado em: 31 mar. 2020.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do Oprimido. 17o ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987.

GUIMARÃES, Alberto Passos; MEDEIROS, Leonilde Servolo. Reforma Agrária. In: Dicionário Histórico-Biográfico Cpdoc-Fgv. Disponível em:

acervo/dicionarios/verbete-tematico/reforma-agraria-5>. Acessado em: 07 mar. 2020.

HARTOG. Regimes de historicidade: presentismo e experiências do tempo. Belo Horizonte: Autêntica, 2013.

KALLÁS, Ana Lima. Usos públicos da história: origens do debate e desdobramentos no ensino de história. Revista História Hoje, v. 6, n. 12, p. 130-157, 2017.

KOSELLECK, Reinhart. Futuro Passado. Rio de Janeiro: PUC Rio/Contratempo, 2006.

LEAL, Giuliana Franco; COSTA, Rafael Nogueira. Sentidos da moradia e do bairro: estudo de caso de uma comunidade face à possibilidade de remoção. Boletim do Observatório Ambiental Alberto Ribeiro Lamego, v. 6, p. 43, 2012. Disponível em: < https://essentiaeditora.iff.edu.br/index.php/boletim/article/view/2177-4560.20120003/1530 >. Acessado em: 01 jun. 2020.

LUCCHESI, Anita; MAYNARD, Dilton C. S.. Novas Tecnologias. In: : FERREIRA, Marieta de Moraes Ferreira; OLIVEIRA, Margarida Dias de (coord.). Dicionário de Ensino de História. 1. ed. Rio de Janeiro: FGV, 2019. p. 179–184.

MACAÉ, Caderno de Orientações Curriculares. História. Macaé: Secretaria Municipal de Educação, 2012. Disponível em: . Acessado em: 30 mar. 2020.

______. Revisão do Plano Diretor: Diagnóstico Geral do Município. Prefeitura Municipal de Macaé. Macaé: 2014. Disponível em:

pdf>. Acessado em: 30 mar. 2020.

MATTOS, Ilmar R. Mas não somente assim; leitores, autores, aulas como texto e o ensino-aprendizagem de História. Revista Tempo. Departamento de História da UFF. Rio de Janeiro, v. 11, n. 21, p. 5-16, jul. 2006.

MEMORIAL da Democracia. MST Realiza Primeiro Congresso Nacional. Disponível em: .

Acessado em: 07 jun. 2019.

MESQUITA, Clívia. Famílias sem-terra compartilham saberes em Fórum de Agroecologia, em Macaé (RJ). Brasil de Fato, Rio de Janeiro, 27 abr. 2019. Disponível em: . Acessado em: 23 fev. 2020.

MONTEIRO, Jéssica Oliveira. Que a universidade se pinte de povo. Serviço Social & Sociedade, n. 129, p. 265-284, maio/ago. 2017.

MONTEIRO, Maria Isabel. Ministério aprova terreno para construção de matadouro. Prefeitura Municipal de Macaé. 13 abr. 2005. Disponível em: . Acessado em: 23 mar. 2020.

MST. Nossa História. Disponível em: . Acessado em: 08 mar. 2019.

OLIVEIRA, Dayse Maria da Silva Caciano de. O Projeto de Desenvolvimento Sustentável (Pds) e a Construção de Novos Modelos de Assentamento Rural: O Caso do Assentamento Osvaldo de Oliveira do MST em Macaé-RJ. 2018. 194 f. Dissertação (Mestrado em Serviço Social e Desenvolvimento Regional) – Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2018.

PELLEGRINI, Marcos Cesar; DIAS, Adriana Machado; GRINBERG, Keila. Vontade De Saber História. 3. ed. São Paulo: FTD, 2015. p. 223-242.

PEREIRA, Nilton Mullet; SEFFNER, Fernando. O que pode o ensino de história? Sobre o uso de fontes na sala de aula. Anos 90. Porto Alegre, v. 15, n. 28, dez. 2008.

PITASSE, Mariane. Mais de 60 famílias assentadas estão sob ameaça de despejo em Macaé (RJ). Coletivo de Comunicação do MST RJ, 5 set. 2019. Disponível em: . Acessado em: 08 mar. 2020.

PORTELLA, Oswaldo O. A fábula. Revista Letras, v. 32, 1983.

RAMOS, Fábio Pestana. O problema dos sem-terra não é de hoje: a reforma agrária na Roma Antiga. Blog Para Entender História. 7 set. 2010. Disponível em:

. Acesso em: 08 mar. 2020.

REDAÇÃO. Implantação de Escola Agroecológica na Serra recebe apoio na Câmara. Jornal O Debate On, Macaé, 27 jun. 2018. Caderno Notícia Política. Disponível em: . Acessado em: 08 mar. 2020.

RICOEUR, Paul. Tempo e narrativa: A intriga e a narrativa histórica. 1. ed. São Paulo: WMF Martins Fontes, 2010a. v. 1.

______. Tempo e narrativa: O tempo narrado. 1. ed. São Paulo: WMF Martins Fontes, 2010b. v. 3.

______,. Ética e moral. Covilhã: LusoSofia, 2011.

SALEMA, Vivian de Azevedo Garcia. O discurso das fábulas de Fedro. Principia, Rio de Janeiro, n. 24, 2012.

SANTOS, Edméa; WEBER, Aline. Diários online, cibercultura e pesquisa-formação multirreferencial. In: SANTOS, Edméa (Org.). Diário online: dispositivo Multirereferencial de pesquisa formação na cibercultura. Whitebooks: Santo Tirso, Portugal, 2014.

SEFFNER, Fernando. Aprender e ensinar história: como jogar com isso? In: GIACOMONI, Marcello Paniz; PEREIRA, Nilton Mullet (Orgs.). Jogos e ensino de história. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2018. p. 19–34.

SEM TERRINHA em Movimento. Direção: Brigada de Audiovisual do MST. Disponível no link: . Acessado em: 08 mar. 2020.

TARDIF, Maurice. Os Professores diante do saber: esboço de uma problemática do saber docente. In: ______. Saberes docentes e formação profissional. Rio de Janeiro: Vozes, 2012.

UNIDADE Pedagógica De Agroecologia Acampamento Edson Nogueira (RJ). Direção: Brigada Audiovisual Eduardo Coutinho (MST). Rio de Janeiro: Coletivo de Comunicação MST – RJ, 2019. Som e cor (2 min. 37 seg.). Disponível em:

˂https://www.youtube.com/watch?v=HiTJHAECnac˃. Acessado em: 08 mar. 2020.

VARGAS, Laís. Famílias Sem Terra são despejadas de terras improdutivas em Rio das Ostras. Prensa de Babel, Rio das Ostras, 2 maio 2018. Disponível em: . Acessado em: 23 mar. 2020.

VERGARA, Pablo. Famílias Sem Terra comemoram a aprovação de Unidade Pedagógica no Rio de Janeiro. MST, 21 fev. 2019. Disponível em: . Acessado em: 23 fev. 2020.

VIDA Maria. Direção: Márcio Ramos. Ceará: Synapse Produções Ltda, 2006. Disponível: < https://www.youtube.com/watch?v=yFpoG_htum4 >. Acessado em: 07 mar. 2020.

VIGOTSKI, Lev Semenovich. Pensamento e Linguagem. trad. Jefferson Luiz Camargo. 4a Edição. São Paulo: Martins Fontes, 2008.




DOI: https://doi.org/10.12957/transversos.2021.62326

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Autor concedendo à Revista Transversos o direito de primeira publicação.

REVISTA TRANSVERSOS - ISSN:2179-7528

Laboratório de Estudos das Diferenças e Desigualdades Sociais - UERJ

Campus Francisco Negrão de Lima - Pavilhão João Lyra Filho Rua São Francisco Xavier, 524 - 9° andar - Bloco D, sala 6.

http://www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/transversos